Domina os Conceitos Médicos

Estuda para o curso e exames de Medicina com a Lecturio

Síndrome de Hiperimunoglobulina E Autossómica Dominante

A síndrome de hiper-IgE autossômica dominante (AD-HIES, pela sigla em inglês), também conhecida como síndrome de Job, é uma forma rara de distúrbio de imunodeficiência primária que afeta vários sistemas de órgãos, além do sistema imunológico. Alguns casos de AD-HIES são causados por mutações no gene STAT3, o que leva a uma quimiotaxia anormal de neutrófilos. Noutros casos, a causa é desconhecida. Os doentes com AD-HIES apresentam pneumonia recorrente, infeções de pele, erupções cutâneas, bolhas e abscessos.

Última atualização: 28 Mar, 2022

Responsibilidade editorial: Stanley Oiseth, Lindsay Jones, Evelin Maza

Epidemiologia e Etiologia

Epidemiologia

  • Incidência: 1/1.000.000 por ano
  • Homens e mulheres são igualmente afetados.

Etiologia

  • Tem sido descrita em formas esporádicas e familiares com um padrão de hereditariedade autossómico dominante
  • 60%70% dos casos são causados por mutações no gene STAT3, que é responsável pela produção de uma das proteínas transdutoras de sinal e ativadoras de transcrição (STAT, pela sigla em inglês).
    • As mutações levam à produção disfuncional de proteína STAT3 (embora produzida em quantidades normais) → resposta imune deficitária
    • O STAT3 disfuncional bloqueia a maturação de células imunes, especialmente células Th17 → diminuição dos níveis de interferon-gama e interleucina-17 → alteração da quimiotaxia de neutrófilos → alta suscetibilidade a infeções, particularmente infeções bacterianas e fúngicas dos pulmões e da pele
    • A proteína STAT3 também está envolvida na formação de células que constroem e quebram o tecido ósseo → alterações esqueléticas e dentárias
  • A causa dos outros 30%40% dos casos é desconhecida.
  • Doentes com síndrome de hiper-IgE autossómica dominante (AD-HIES, pela sigla em inglês; também conhecida como síndrome de Job) também apresentam níveis anormalmente elevados de IgE (causa desconhecida) → eosinofilia
Autossómica dominante

Diagrama do padrão de hereditariedade das condições autossómicas dominantes

Imagem por Lecturio.

Apresentação Clínica

Os sintomas podem ser aparentes no nascimento ou tornar-se aparentes durante a infância ou na primeira infância.

Os doentes apresentam várias alterações e manifestações clínicas:

  • Características faciais típicas: base e ponte nasal largas, olhos profundos, protuberância frontal, bochechas e mandíbulas de proporções irregulares, alterações da linha média, prognatismo e espessamento generalizado da pele (conhecido como “facies grosseira”)
  • Dentárias: falência na queda dos dentes decíduos, levando a fileiras dentárias duplas
  • Esqueléticas: escoliose, hiperextensibilidade articular, osteoporose e fraturas recorrentes
  • Oculares: xantelasma, descolamento de retina, chalázio e estrabismo
  • Respiratórias: Infeções pulmonares recorrentes (mais frequentemente por Staphylococcus aureus, Streptococcus pneumoniae e Haemophilus influenzae) que levam ao surgimento de quistos preenchidos por ar (pneumatocelos) nos pulmões e insuficiência respiratória crónica.
  • Dermatológicas: As infeções estafilocócicas são comuns, apresentando-se como erupções cutâneas semelhantes a eczema, bolhas, descamação, feridas abertas, prurido e abcessos “frios” recorrentes (sem sinais cardinais de inflamação).
  • Imunológicas: aumento da suscetibilidade a infeções oportunistas (e.g., candidíase mucocutânea) com níveis muito altos de anticorpos IgE e eosinofilia
  • Cardiovasculares: trombose, persistência do canal venoso congénito e aneurismas coronários e aórticos
  • Malignidades: linfomas, como olinfoma anaplásico de grandes células e o linfoma periférico de células T

Mnemónica

Uma mnemónica útil das manifestações clínicas do AD-HIES é FATED:

  • F: Coarse or leonine Facies (Facies grosseiras)
  • A: Cold staph Abscesses (Abcessos frios de estafilococos)
  • T: Retained primary Teeth (Dentes decíduos retidos)
  • E: Increased Iglevels (Aumento dos níveis de IgE)
  • D: Dermatologic problems (e.g., eczema) (Problemas dermatológicos (e.g., eczema))

Diagnóstico e Tratamento

Diagnóstico

O diagnóstico de AD-HIES é baseado na avaliação clínica, especialmente na história detalhada do doente e na identificação de achados característicos.

  • Achados laboratoriais:
    • Níveis elevados de IgE (> 2.000 UI/mL): diagnóstico de AD-HIES
    • Eosinofilia no hemograma > 2 desvios padrão acima da média
  • O teste genético está disponível para mutações STAT3.
  • Se existirem sintomas de pneumonia, solicitar tomografia computadorizada (TC) ou raios-X do tórax para detetar infeções pulmonares e o desenvolvimento de pneumatocelos.

Tratamento

Não há cura definitiva. O tratamento visa melhorar os sintomas, bem como prevenir e gerir infeções.

  • Antibioterapia profilática antiestafilocócica de longa duração
  • Alta dose de gamaglobulina IV e antagonistas da histamina-1 se eczema
  • Antibióticos e antifúngicos, dependendo da natureza das infeções, além de exames de imagem periódicos do tórax e uma alta suspeita clínica para deteção precoce de infeções recorrentes
  • Cirurgia para drenar abcessos
  • Otimização da ingestão de cálcio e vitamina D para melhorar a saúde óssea
  • Atendimento odontológico de rotina
  • Rastreio de escoliose

Diagnóstico Diferencial

As seguintes condições são diagnósticos diferenciais da síndrome de hiperimunoglobulina E autossómica dominante:

  • Síndrome de hiper-IgE autossómica recessiva: doença rara de imunodeficiência primária caracterizada por infeções pulmonares e dermatológicas recorrentes causadas por bactérias e vírus. Pode apresentar alterações do sistema nervoso central ou vasos, mas não carece de características faciais e malformações esqueléticas. Pode ser causada por mutações dos genes ZNF341, DOCK8 ou PGM3.
  • Fibrose cística: doença autossómica recessiva causada por mutações no gene CFTR. As mutações levam à disfunção dos canais de cloreto, o que resulta num muco hiperviscoso e acumulação de secreções. As apresentações comuns incluem infeções respiratórias crónicas, défices de crescimento e insuficiência pancreática.
  • Doença granulomatosa crónica: doença crónica caracterizada pela formação de granulomas. Este distúrbio é uma consequência de células fagocíticas disfuncionais que são incapazes de produzir superóxido bactericida devido a um defeito na nicotinamida adenina dinucleotídeo fosfato (NADPH, pela sigla em inglês) oxidase nessas células. A apresentação inclui infeções recorrentes da pele, pneumonia e gastroenterite.
  • Dermatite atópica: também conhecida como eczema alérgico, é uma doença inflamatória pruriginosa crónica da pele que ocorre com mais frequência em crianças, mas também em adultos. Frequentemente associada à elevação da IgE e história pessoal ou familiar de atopia. Apresenta prurido intenso, lesões papulovesiculares nas superfícies extensoras e liquenificação nas áreas flexurais
  • Infeção por VIH e SIDA: causada por um vírus de RNA de cadeia simples da família Retroviridae. Transmitido através da troca de fluidos corporais, como sémen e sangue. A apresentação é marcada por uma deterioração do sistema imunológico, começando com sintomas constitucionais, como linfadenopatia, e progredindo para doenças definidoras de SIDA, como infeções oportunistas.

USMLE™ is a joint program of the Federation of State Medical Boards (FSMB®) and National Board of Medical Examiners (NBME®). MCAT is a registered trademark of the Association of American Medical Colleges (AAMC). NCLEX®, NCLEX-RN®, and NCLEX-PN® are registered trademarks of the National Council of State Boards of Nursing, Inc (NCSBN®). None of the trademark holders are endorsed by nor affiliated with Lecturio.

Estuda onde quiseres

A Lecturio Medical complementa o teu estudo através de métodos de ensino baseados em evidência, vídeos de palestras, perguntas e muito mais – tudo combinado num só lugar e fácil de usar.

Aprende mais com a Lecturio:

Complementa o teu estudo da faculdade com o companheiro de estudo tudo-em-um da Lecturio, através de métodos de ensino baseados em evidência.

User Reviews

¡Hola!

Esta página está disponible en Español.

🍪 Lecturio is using cookies to improve your user experience. By continuing use of our service you agree upon our Data Privacy Statement.

Details