Domina os Conceitos Médicos

Estuda para o curso e exames de Medicina com a Lecturio

Lesões Cutâneas Secundárias

A identificação e classificação das lesões cutâneas de um paciente são etapas importantes no diagnóstico de qualquer doença cutânea. As lesões primárias representam a apresentação inicial do processo da doença. As lesões secundárias desenvolvem-se a partir de lesões primárias inflamadas ou manipuladas e/ou manifestações de progressão da doença. As principais características das lesões cutâneas incluem o tipo, a morfologia, a cor, a forma, o arranjo e a distribuição. Faz-se um exame da pele, anexos e membranas mucosas abrangente, e o tipo de procedimento realizado depende do diagnóstico suspeito.

Última atualização: 14 Mar, 2022

Responsibilidade editorial: Stanley Oiseth, Lindsay Jones, Evelin Maza

Escamas

As escamas são massas de queratina secas ou oleosas que representam o espesamento do estrato córneo.

Os tipos de escamas característicos são:

  • Escamas brancas prateadas: psoríase
  • Escamas oleosas/cerosas, amareladas: dermatite seborreica
  • Escamas secas, difusas e semelhantes às dos peixes na parte inferior das pernas (ictiosiforme): ictiose vulgar
  • Escamas finas: tinea versicolor
  • Descamação em camadas: escarlatina
  • Escamas foliculares (como pedaços queratóticos): queratose pilar
  • Escamas arenosas (semelhantes a uma lixa): queratose actínica
Aparência de pele de lagarto de ictiose

Aparência espessada, de “pele de lagarto”, da ictiose vulgar

Imagem: “In vivo confocal microscopy of pre-Descemet corneal dystrophy associated with X-linked ichthyosis: a case report” por BMC Ophthalmology. Licença: CC BY 4.0

Crosta

  • Exsudado seco de fluidos corporais (sangue, pus ou sebo) numa área de pele danificada
  • A cor da crosta dá informação sobre a sua causa:
    • Crostas amarelas surgem do sebo.
    • Crostas amarelo-esverdeadas são formadas a partir de pus.
    • Crostas vermelhas ou castanhas são formadas a partir do sangue (crosta hemorrágica).
  • A forma pode indicar uma lesão anterior:
    • Redonda/oval: vesícula/flictena ou pústula anterior
    • Linear: escoriações
  • Pode ser fina, delicada e fácil de remover ou espessa e profundamente aderente à pele.
  • Alguns exemplos incluem:
    • Tinea capitis
    • Impetigo
    • Crostas na cicatrização de feridas
Impetigo não bolhoso com crosta na extremidade superior de um paciente pediátrico

Impetigo não bolhoso com crosta no membro superior de um paciente pediátrico

Imagem: “Diagnosis of Atopic Dermatitis: Mimics, Overlaps, and Complications” por Siegfried EC, Hebert AA. Licença: CC BY 4.0

Erosão

  • Descontinuidade da pele, exibindo perda incompleta da epiderme
  • Não penetra abaixo da junção dermoepidérmica e, assim, cura sem deixar cicatrizes
  • A lesão é húmida, bem circunscrita e deprimida.
  • Pode ser traumática, inflamatória ou devido a doenças infeciosas da pele
  • Alguns exemplos incluem:
    • Tinea pedis
    • Candidíase
    • Doença eczematosa
    • Herpes simplex
Erosões perfuradas com infeção cutânea pelo vírus herpes simplex

Erosões perfuradas com infeção cutânea pelo vírus herpes simplex

Imagem: “Disseminated cutaneous Herpes Simplex Virus-1 in a woman with rheumatoid arthritis receiving infliximab: a case report” por Justice EA, Khan SY, Logan S, Jobanputra P. License: CC BY 2.0

Escoriação

A escoriação é uma abrasão linear produzida por meios mecânicos (arranhar, esfregar ou beliscar) que geralmente envolve apenas a epiderme, mas pode atingir a derme papilar.

Doença de escoriação secundária a beliscar a pele

Doença de escoriação secundária a beliscar a pele

Imagem: “Derma me” por Boogafreak/Vatadoshu. Licença: Domínio Público

Úlcera

  • Ruptura da pele exibindo perda completa da epiderme e frequentemente de porções da derme e da gordura subcutânea
  • As úlceras resultam sempre em cicatrizes.
  • As causas incluem:
    • Trauma (por exemplo, calor, frio, elétrico, químico)
    • Infeções (por exemplo, bacterianas, virais, fúngicas)
    • Estase venosa crónica
    • Compromisso vascular (por exemplo, úlceras de decúbito e doença arterial periférica)
Úlcera de estase venosa crónica

Úlcera de estase venosa crónica

Imagem: “Interaction between a regenerative matrix and wound bed in nonhealing ulcers: results with 16 cases” por Motolese A, Vignati F, Brambilla R, Cerati M, Passi A. License: CC BY 3.0

Fissura

  • Uma fenda linear na pele que geralmente é estreita e se estende através da epiderme até a derme
  • Causada por tensão externa ou desidratação excessiva da pele
  • As fissuras geralmente ocorrem nos ângulos da boca (queilite angular).
  • Os exemplos também incluem eczema (pontas dos dedos) e intertrigo.
Eczema de mão com fissura

Eczema de mão com fissur

Imagem: “Occupational protein contact dermatitis: two case reports” por Rocha J, Pereira T, Sousa-Basto A, Brito C. License: CC BY 3.0

Atrofia

  • Uma perda de tecido que pode ser epidérmica, dérmica ou subcutânea
  • A pele atrófica geralmente parece fina, translúcida e enrugada.
  • Produzida por exposição ao sol de longa duração, envelhecimento e algumas doenças inflamatórias e neoplásicas da pele, como lúpus eritematoso sistémico e linfoma cutâneo de células T
  • A atrofia também pode ocorrer como resultado do uso prolongado de corticosteroides tópicos.
Pele atrófica da anca esquerda observada em pele flácida granulomatosa

Pele atrófica da anca esquerda observada em pele flácida granulomatosa (linfoma de células T)

Imagem: “Granulomatous slack skin T-cell lymphoma: an important differential diagnosis with giant cell tumor of soft tissue” por Adriano AR, Lima TS, Battistella M, Bagot M. License: CC BY 4.0, cropped by Lecturio.

Liquenificação

  • Espessamento e hiperpigmentação da pele resultante de fricção repetida
  • Marcas/pregas cutâneas normais tornam-se mais proeminentes.
  • Alguns exemplos incluem:
    • Líquen simplex crónico
    • Prurigo
    • Dermatite atópica

Abordagem para diagnosticar doenças cutâneas

História clínica completa

  • Doenças subjacentes (por exemplo, doenças autoimunes, diabetes)
  • Sintomas acompanhantes (por exemplo, ardor, prurido)
  • Fármacos
  • Alergias
  • Evolução e duração da lesão cutânea, fatores de alívio e de agravamento
  • História social, sexual e de viagens

Exame físico

Deve realizar-se um exame físico geral, bem como um exame dermatológico focado:

  • Pele e anexos, bem como membranas mucosas
  • Realizado a olho nu e usando um dermatoscópio

Características da pele e doenças da pele frequentemente associadas e/ou lesões a serem consideradas:

  • Textura:
    • Elevada: pápula, placa, nódulo, quisto, pápula
    • Deprimida: úlcera, atrofia
    • Plana: mácula, mancha
    • Preenchida com líquido: vesícula, flictena, furúnculo, pústula, abcesso
  • Morfologia:
    • Em forma de cúpula: hemangioma
    • Com topo plano: verruca plana
    • Umbilicado: molusco contagioso
    • Acuminado: condylomata acuminata
    • Verrucoso: verruca vulgaris
    • Pediculado: acrocórdon (pedaço de pele)
  • Diâmetro: varia de acordo com a doença
  • Composição: preenchida com fluido, com pus, com sangue ou sólido
  • Bordos: regulares ou irregulares, planos ou salientes
  • Cor: hipopigmentação, hiperpigmentação ou eritema
  • Arranjo: agrupado (herpetiforme)/disperso
  • Configuração:
    • Anular: tinea corporis, granuloma annulare
    • Redondo/discoide/numular: eczema, lúpus discoide
    • Policíclico: urticária
    • Arqueada: urticária
    • Linear: escabiose, líquen nitidus
    • Reticular: livedo reticularis
    • Serpiginoso: larva migrans cutânea
    • Lesões alvos: eritema multiforme
    • Em espiral: incontinentia pigmenti
Lesões cutâneas secundárias

Lesões cutâneas secundárias:
Erosão: descontinuidade da pele com perda incompleta da epiderme sem penetração abaixo da junção dermoepidérmica
Úlcera: perda completa da epiderme e de porções da derme e da gordura subcutânea resultando em cicatriz
Fissura: fenda/divisão linear estreita na pele, estendendo-se através da epiderme até a derme
Atrofia: perda de tecido que pode ser epidérmico, dérmico ou subcutâneo com aparência de superfície de pele fina, translúcida e/ou enrugada
Escoriação: abrasão linear produzida por meios mecânicos (arranhar, esfregar ou beliscar)
Crosta: exsudado seco de fluidos corporais (sangue, pus ou sebo) numa área de pele danificada
Escama: massas secas ou oleosas de queratina que representam o espessamento do estrato córneo
Liquenificação: espessamento e hiperpigmentação da pele resultante de fricção repetida

Imagem de Lecturio.

Procedimentos de diagnóstico

  • Biópsia de pele (lesão excisada, saucerizada ou obtida por biópsia por punção)
  • Preparação de KOH:
    • A lesão é raspada e colocada numa lâmina de vidro para microscópio, onde é tratada com 1 ou 2 gotas de uma solução de KOH 10%–20%.
    • Se houver suspeita de infeção fúngica
  • Esfregaço de Tzanck: técnica citológica quando são observadas doenças vesiculares (infeções por vírus herpes simplex ou vírus varicela zoster).
  • Diascopia: determina se a lesão branqueia sob pressão, diferenciando uma lesão hemorrágica (não branquiável) de uma lesão cheia de líquido
  • Luz de Wood:
    • Usa luz ultravioleta de 360 nm para avaliar lesões
    • Doenças: eritrasma (cor rosa coral), infeção da ferida por Pseudomonas (azul), vitiligo (branco)
  • Testes cutâneos: são colocados alergénios nas costas do paciente sob pensos oclusivos e, em seguida, verifica-se a presença de reações de hipersensibilidade após 48 horas

Vídeos recomendados

Referências

  1. Amerson, E. H., Burgin, S., Shinkai, K. (2019). Fundamentals of clinical dermatology: morphology and special clinical considerations. In Kang, S., et al. (Eds.). Fitzpatrick’s Dermatology, 9th ed. McGraw-Hill.
  2. Bolognia, J. L., Schaffer, J.V ., Cerroni, L. (2018). Basic Principles of Dermatology, 4th ed. Edinburgh. Elsevier.

USMLE™ is a joint program of the Federation of State Medical Boards (FSMB®) and National Board of Medical Examiners (NBME®). MCAT is a registered trademark of the Association of American Medical Colleges (AAMC). NCLEX®, NCLEX-RN®, and NCLEX-PN® are registered trademarks of the National Council of State Boards of Nursing, Inc (NCSBN®). None of the trademark holders are endorsed by nor affiliated with Lecturio.

Estuda onde quiseres

A Lecturio Medical complementa o teu estudo através de métodos de ensino baseados em evidência, vídeos de palestras, perguntas e muito mais – tudo combinado num só lugar e fácil de usar.

Aprende mais com a Lecturio:

Complementa o teu estudo da faculdade com o companheiro de estudo tudo-em-um da Lecturio, através de métodos de ensino baseados em evidência.

User Reviews

¡Hola!

Esta página está disponible en Español.

🍪 Lecturio is using cookies to improve your user experience. By continuing use of our service you agree upon our Data Privacy Statement.

Details