Glândulas Paratiroides

As glândulas paratiroides são 2 pares de pequenas glândulas endócrinas localizadas junto à tiroide. As glândulas paratiroides superiores encontram-se no parênquima dos polos superiores dos lobos tiroideus direito e esquerdo; as glândulas paratiroides inferiores estão na proximidade dos polos inferiores dos lobos. Estas glândulas secretam a hormona da paratiroide (PTH, pela sigla em inglês), que desempenha um papel fundamental na regulação dos níveis de cálcio.

Última atualização: 27 Jun, 2022

Responsibilidade editorial: Stanley Oiseth, Lindsay Jones, Evelin Maza

Desenvolvimento

As glândulas paratiroides derivam das bolsas faríngeas, as quais têm origem na mesoderme.

  • Estas glândulas desenvolvem-se na 7ª semana de gestação.
  • A 3ª bolsa faríngea dá origem às paratiroides inferiores.
  • A 4ª bolsa faríngea dá origem às paratiroides superiores.

Anatomia e Neurovasculatura

Anatomia

Estrutura:

  • Um total de 4 glândulas paratiroides
  • Glândulas paratiroides superiores esquerda e direita
  • Glândulas paratiroides inferiores esquerda e direita

Relações: face posterior dos lobos laterais da glândula tiroide

Anatomia das glândulas paratireoides

Vista posterior da glândula tiroide com as glândulas paratiroides

Imagem por Lecturio.

Neurovasculatura

  • Vasculatura arterial: principalmente das artérias tiroideias inferiores
  • Drenagem venosa: veias paratiroides → plexo venoso das veias tiroideias
  • Inervação: ramos tiroideus dos gânglios cervicais
Suprimento arterial das glândulas paratireoides

Vasculatura arterial das glândulas paratiroides

Imagem por Lecturio.

Anatomia Microscópica e Função

Anatomia microscópica

  • Células principais (“chief or principal cells” em inglês):
    • Células poligonais com núcleos redondos
    • Com coloração roxa devido aos grânulos no citoplasma
  • Células oxífilas:
    • Células grandes com citoplasma abundante
    • Citoplasma mais rosado que as células principais
Oxífilo da paratireóide e células principais

Microscopia de alta ampliação com coloração de hematoxilina e eosina (H&E):
As células pequenas e escuras são as células principais, responsáveis pela secreção da hormona da paratiroide (PTH). As células com o citoplasma corado com laranja/rosa são células oxifílicas.

Imagem: “Parathyroid oxyphil and chief cells – annotated” por Mikael Häggström. Licença: CC0 1.0

Função

Os efeitos das glândulas paratiroides são exercidos através das células principais, que produzem e secretam a hormona da paratiroide (PTH):

  • Regulação dos níveis de cálcio no sangue
  • Os recetores sensíveis ao cálcio (CaSRs) nas células principais monitorizam os níveis sanguíneos de cálcio e a secreção moderada de PTH.
  • ↓ níveis de cálcio no sangue → ↑ secreção de PTH → ↑ cálcio sérico
  • Efeitos da PTH:
    • Estimulação da reabsorção de cálcio e excreção de fosfato no túbulo distal do rim
    • Aumento da ativação renal da vitamina D:
      • O calcitriol (1,25-dihidroxivitamina D) é a forma ativa.
      • Aumenta a reabsorção intestinal de cálcio
    • Estimulação da libertação de cálcio e fosfato dos ossos através da ativação dos osteoclastos
  • Regulação da secreção de PTH:
    • Estimulada por:
      • Diminuição do cálcio sérico
      • Níveis baixos de calcitriol
      • Hiperfosfatemia
      • Hipomagnesemia ligeira
    • Inibida por níveis elevados de cálcio sérico
Diagrama mostrando o papel do pth na regulação dos níveis de cálcio

Diagrama com o papel da hormona da paratiroide (PTH) na regulação dos níveis de cálcio

Imagem por Lecturio.

Relevância Clínica

  • Hiperparatiroidismo: demonstrado por níveis de PTH patologicamente elevados. Dependendo da patogénese, pode ser primário, secundário ou terciário. A causa mais frequente são os adenomas da paratiroide, que podem ser localizados utilizando tomografia de computorizada (TC, pela sigla em inglês) TC-99m sestamibi, com emissão de fotão único (SPECT, pela sigla em ingles), para localização 3D. Os adenomas hiperfuncionantes são geralmente removidos por cirurgia.
  • Hipoparatiroidismo: A deficiência da hormona da paratiroide resulta em níveis séricos baixos de cálcio e níveis elevados de fosfato. A causa do hipoparatiroidismo é mais frequentemente iatrogénica após cirurgia ao pescoço (por exemplo, tiroidectomia). O tratamento baseia-se na terapia de reposição de cálcio com monitorização laboratorial frequente para garantir níveis fisiológicos adequados.
  • Carcinoma de paratiroide: é responsável por aproximadamente 1% de todos os casos de hiperparatiroidismo (a hipersecreção de PTH é responsável por aproximadamente 90% dos cancros). Utiliza-se a ecografia do pescoço e/ou TC-99m sestamibi para deteção do aumentado das paratiroides, mas estes exames não têm sensibilidade ou especificidade para diferenciar entre etiologias benignas e malignas do hiperparatiroidismo. Não se recomenda a biópsia aspirativa por agulha fina, devido à difícil diferenciação das células benignas e malignas na citopatologia e devido ao risco elevado de disseminação para os tecidos moles da paratiroide. A resseção cirúrgica é diagnóstica e é também o tratamento de eleição.

Referências

  1. Wei, C.H., Harari, A. (2012). Parathyroid carcinoma: update and guidelines for management. Curr Treat Options Oncol. 13(1), 11–23. https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/22327883/
  2. Fuleihan, G.E., Silverberg, S.J. (2020). Primary hyperparathyroidism: Diagnosis, differential diagnosis, and evaluation. UpToDate. Retrieved February 6, 2021, from https://www.uptodate.com/contents/primary-hyperparathyroidism-diagnosis-differential-diagnosis-and-evaluation
  3. Silverberg, S.J., Fuleihan, G.E. (2019). Primary hyperparathyroidism: Management. UpToDate. Retrieved February 6, 2021, from https://www.uptodate.com/contents/primary-hyperparathyroidism-management

USMLE™ is a joint program of the Federation of State Medical Boards (FSMB®) and National Board of Medical Examiners (NBME®). MCAT is a registered trademark of the Association of American Medical Colleges (AAMC). NCLEX®, NCLEX-RN®, and NCLEX-PN® are registered trademarks of the National Council of State Boards of Nursing, Inc (NCSBN®). None of the trademark holders are endorsed by nor affiliated with Lecturio.

Estuda onde quiseres

A Lecturio Medical complementa o teu estudo através de métodos de ensino baseados em evidência, vídeos de palestras, perguntas e muito mais – tudo combinado num só lugar e fácil de usar.

Aprende mais com a Lecturio:

Complementa o teu estudo da faculdade com o companheiro de estudo tudo-em-um da Lecturio, através de métodos de ensino baseados em evidência.

Details