Achieve Mastery of Medical Concepts

Study for medical school and boards with Lecturio

Estrutura e Função da Pele

A pele, que constitui o sistema tegumentar, é o maior órgão do corpo. É composta principalmente pela epiderme (camada externa) e pela derme (camada profunda). A epiderme é composta sobretudo por queratinócitos que sofrem uma rápida renovação, enquanto a derme contém camadas densas de tecido conjuntivo. A pele é composta pelo epitélio superficial, componentes exócrinos, tecido conjuntivo, músculos e nervos. O seu principal papel é constituir uma barreira protetora entre o corpo e o ambiente externo; para além disso também protege o corpo da perda excessiva de líquidos.

Última atualização: 9 May, 2022

Responsibilidade editorial: Stanley Oiseth, Lindsay Jones, Evelin Maza

Estrutura da Pele

Células da pele

  • Queratinócitos:
    • Principal tipo de célula da epiderme
    • Sofrem mitoses contínuas (estimuladas pelo fator de crescimento epidérmico)
    • Produzem queratina
  • Melanócitos:
    • Células epiteliais em forma de aranha
    • Produzem melanina (proteção UV)
    • Os grânulos de melanina acumulam-se na superfície apical dos queratinócitos.
  • Células dendríticas (células de Langerhans):
    • Macrófagos residentes na pele
    • Células apresentadoras de antigénios
    • Ativam o sistema imunológico
  • Mecanorrecetores:
    • Células de Merkel:
      • Recetores de toque leve de adaptação lenta
      • Presentes na junção dermo-epidérmica
      • Em contacto com uma terminação sensitiva (disco de Merkel ou tátil)
    • Corpúsculos de Ruffini:
      • Recetores de estiramento de adaptação lenta
      • Localizados na derme profunda
    • Corpúsculos de Meissner:
      • Recetores de toque leve de adaptação rápida
      • Localizados na derme superficial
    • Corpúsculos de Pacini:
      • Detetam a pressão e vibração profundas
      • Localizados na derme profunda

Epiderme

  • Derivada da ectoderme
  • Epitélio pavimentoso estratificado queratinizado
  • 4 ou 5 camadas principais:
    • Estrato basal (estrato germinativo):
      • Camada mais profunda
      • Camada germinativa
      • Fila única de células epiteliais ligadas à derme por hemidesmossomas (macula adherens)
      • Dividem-se constantemente enquanto se deslocam em direção à superfície
      • 10%–15% das células são melanócitos.
    • Estrato espinhoso (camada espinhosa):
      • Consiste em várias camadas (camada mais espessa da epiderme)
      • Sistema de filamentos em forma de teia
      • As células estão ligadas entre si por desmossomas.
      • À medida que as células se movem através do estrato espinhoso, acumulam grânulos de querato-hialina.
      • Outros elementos presentes são as células dendríticas e os grânulos de melanina.
    • Estrato granuloso:
      • Camada fina de 4 a 6 células
      • Local de queratinização
      • As células aplanam e os núcelos e organelos começam a desintegrar-se
      • As células adquirem 2 tipos de grânulos: querato-hialinos e lamelares (proteção contra a perda de água)
    • Estrato lúcido (camada translúcida):
      • Presente apenas na pele espessa
      • Camada fina translúcida
      • Formada por 2 a 3 camadas de queratinócitos
    • Estrato córneo:
      • 20 a 30 camadas de células planas anucleadas
      • Mais fina no cristalino do olho, mais espessa nas calosidades
  • 4 tipos de células:
    • Queratinócitos:
      • Mais profundos, produzem queratina (proteína fibrosa resistente)
      • Percorrem a epiderme a cada 30 dias
    • Melanócitos:
      • Produzem melanina
      • Localizam-se no estrato basal
    • Células de Merkel:
      • Ligadas às terminações nervosas sensitivas
      • Único mecanorrecetor com conexão à epiderme
    • Células de Langerhans:
      • Células dendríticas semelhantes a macrófagos
      • Ativam o sistema imunológico
Camadas da epiderme

Existem 5 camadas de epiderme:
A partir das células localizadas no estrato basal, as células diferenciam-se e proliferam em direção à superfície da pele e integram-se nas restantes camadas, sendo a última camada o estrato córneo, composto por células mortas queratinizadas.

Imagem: “The epidermis of thick skin has five layers: stratum basale, stratum spinosum, stratum granulosum, stratum lucidum, and stratum corneum.” do OpenStax College. Licença: CC BY 4.0

Derme

  • Derivada da mesoderme
  • Componentes:
    • Tecido conjuntivo forte e flexível (principalmente colagénio)
    • Contém fibroblastos, macrófagos, mastócitos ocasionais e leucócitos
    • As fibras elásticas proporcionam flexibilidade à derme
    • As glândulas sebáceas mantêm a sua elasticidade e força.
  • Fornece nutrientes + humidade à epiderme.
  • Contém um rico suprimento de vasos sanguíneos, linfáticos e de terminações nervosas.
  • 2 camadas:
    • Camada papilar:
      • Camada superficial fina
      • Composta por fibras de elastina e colagénio
      • Contém fagócitos, fibroblastos e adipócitos
      • As projeções desta camada na epiderme são chamadas de papilas dérmicas.
      • As papilas dérmicas formam cristas epidérmicas na superfície da epiderme (impressões digitais).
      • As ansas capilares e as terminações nervosas (terminações nervosas livres e corpúsculos de Meissner) estão localizadas nas papilas dérmicas.
    • Camada reticular:
      • Representa 80% da espessura da derme
      • Tecido conjuntivo fibroso denso e irregular
      • Plexo cutâneo bem vascularizado
      • Confere elasticidade e resistência à pele
      • Contém glândulas sudoríparas e folículos pilosos
Camadas da derme

A derme é composta por 2 camadas:
A camada papilar é composta por fibras de colagénio e elastina e contém fagócitos, fibroblastos e adipócitos. A camada reticular dá elasticidade à pele e confere-lhe resistência. As glândulas sudoríparas e os folículos pilosos são encontrados nesta camada, que é bem vascularizada.

Imagem: “This stained slide shows the two components of the dermis—the papillary layer and the reticular layer.” do OpenStax College. Licença: CC BY 4.0

Vídeos recomendados

Função da Pele

Cada camada da pele tem uma função única.

Epiderme e derme:

  • Proteção mecânica
  • Proteção contra agentes patogénicos externos
  • Regulação da perda cutânea de água
  • Regulação da temperatura:
    • ↑ Temperatura → Os vasos sanguíneos da camada papilar da derme dilatam.
    • O corpo também arrefece pela libertação de suor.
  • A proteção contra a radiação UV é conferida pelos melanócitos.
  • Glândulas sebáceas:
    • Associam-se aos folículos pilosos
    • Secretam sebo para hidratar a pele

Hipoderme:

  • Localizada profundamente à derme
  • Contém tecido adiposo, que funciona como reserva energética.

Vídeos recomendados

Apêndices Cutâneos

Cabelo

  • O crescimento começa na papila capilar da derme.
  • Composto por células queratinizadas que emergem e migram superiormente dentro do folículo piloso.
  • Cada folículo piloso tem uma glândula sebácea associada.
  • O músculo eretor do pelo causa a piloereção da haste do cabelo (arrepios).
  • Pelos terminais: pelos grossos no couro cabeludo, sobrancelhas, etc.
  • Velus: pelos muito finos que cobrem um recém-nascido ou as bochechas de um adulto (“penugem de pêssego”)
  • Puberdade:
    • Crescimento dos pelos terminais
    • Acumula-se em determinadas áreas (pelos púbicos/faciais)
  • Pele glabra: áreas da pele não cobertas por pelos (4%)
  • Ciclo de crescimento:
    • Fase 1:
      • Fase de crescimento/anágena
      • Dura entre 2 a 10 anos
    • Fase 2:
      • Fase de transição/catágena
      • Dura 2 semanas
    • Fase 3:
      • Fase de repouso/telógena
      • Dura entre 3 a 8 meses

Unhas

  • Compostas por células queratinizadas densas da epiderme
  • Protegem as pontas dos dedos das mãos e dos pés contra lesões
  • Lúnula: área esbranquiçada em forma de crescente na extremidade proximal da unha
  • Cutícula:
    • Entre a lúnula e a pele
    • Impede a entrada dos microorganismos por baixo da pele
  • Raiz da unha:
    • Atrás da cutícula
    • Forma células queratinizadas que empurram a unha para frente
  • Estrutura da unha:
    • Placa ungueal: unha propriamente dita, composta por queratina
    • Leito ungueal:
      • Inferiormente à placa ungueal
      • Contínuo com o estrato basal e espinhoso
    • Matriz da unha (raiz da unha):
      • Extremidade proximal da unha, profundamente à pele
      • Responsável pela formação de nova unha
    • Eponíquio: cutícula
    • Hiponíquio: extensão distal da unha
Estrutura da unha

Estrutura da unha:
A extremidade esbranquiçada em forma de crescente da unha (em direção ao corpo) é denominada lúnula (“pequena lua”). Entre a lúnula e a pele, existe uma camada protetora, chamada cutícula, que impede a entrada de agentes patogénicos sob a pele. Atrás da cutícula (em direção ao corpo), está a raiz da unha, que forma células queratinizadas que empurram a unha para frente.
As unhas das mãos crescem mais rápido do que as unhas dos pés. A taxa de crescimento típica de uma unha das mãos é de 1 mm por semana; uma unha dos pés cresce 0,5 mm por semana.

Imagem: “Nails” do OpenStax College. Licença: CC BY 4.0

Vídeos recomendados

Relevância Clínica

  • Erisipela: infeção superficial da pele que acomete a derme e os linfáticos cutâneos superficiais. Esta condição é causada por bactérias, mais comummente Streptococcus pyogenes. A incidência de erisipela tem diminuido desde a introdução dos antibióticos. Possíveis fatores de risco incluem a má higiene, a falta de saneamento e a história de linfedema.
  • Molusco contagioso: infeção vírica da pele que afeta apenas humanos. A infeção habitualmente é leve e não deve ser motivo de preocupação. O molusco contagioso causa múltiplas pápulas da cor da pele em forma de cúpula com uma umbilicação central. Esta infeção é autolimitada e, portanto, não requer tratamento. O vírus pertence à família Poxviridae.
  • Carcinoma basocelular: a neoplasia maligna mais comum da pele. O carcinoma basocelular é um cancro de pele não melanoma (CPNM) que se forma de novo a partir de células do estrato basal. O carcinoma basocelular afeta apenas a pele com pelos e geralmente aparece em áreas expostas à radiação UV do sol. As localizações mais comuns são a face, a cabeça e o pescoço.
  • Melanoma: O melanoma maligno resulta da transformação maligna dos melanócitos. O melanoma é responsável por mais de 90% das mortes causadas por cancro da pele. A exposição crónica à luz UV, os danos causados pela luz solar (incluindo as queimaduras solares, especialmente durante a infância e adolescência), o tipo de pele clara e o surgimento cumulativo de múltiplos nevos melanocíticos (> 100) ou a presença de nevos displásicos representam os fatores de risco mais significativos. O fator de risco mais importante é a exposição à luz solar, particularmente à radiação UVB.
  • Carcinoma espinocelular: cancro de pele não melanoma com origem nos queratinócitos epidérmicos suprabasais. O carcinoma espinocelular é o 2º cancro de pele não melanoma mais comum, após o carcinoma basocelular. Este carcinoma surge com mais frequência nas áreas expostas ao sol em pessoas com > 40 anos de idade. Os homens caucasianos são mais propensos a desenvolver este tipo de cancro; no entanto, o CEC é o cancro de pele mais comum nos doentes com tipos de pele mais escuros.

Referências

  1. Kierszenbaum, A. L., Tres, L. L. (2019). Histology and Cell Biology: An Introduction to Pathology, 5th ed. Elsevier.
  2. Navarette-Dechent, C., et al. (2020). Human surface anatomy terminology for dermatology: a Delphi consensus from the International Skin Imaging Collaboration. Journal of the European Academy of Dermatology and Venereology 34:2659–2663. https://doi.org/10.1111/jdv.16855
  3. Yousef, H., Alhajj, M., Sharma, S. (2020). Anatomy, skin (integument), Epidermis. StatPearls. Retrived October 15, 2021, from https://europepmc.org/article/nbk/nbk470464

USMLE™ is a joint program of the Federation of State Medical Boards (FSMB®) and National Board of Medical Examiners (NBME®). MCAT is a registered trademark of the Association of American Medical Colleges (AAMC). NCLEX®, NCLEX-RN®, and NCLEX-PN® are registered trademarks of the National Council of State Boards of Nursing, Inc (NCSBN®). None of the trademark holders are endorsed by nor affiliated with Lecturio.

Estuda onde quiseres

A Lecturio Medical complementa o teu estudo através de métodos de ensino baseados em evidência, vídeos de palestras, perguntas e muito mais – tudo combinado num só lugar e fácil de usar.

Aprende mais com a Lecturio:

Complementa o teu estudo da faculdade com o companheiro de estudo tudo-em-um da Lecturio, através de métodos de ensino baseados em evidência.

User Reviews

¡Hola!

Esta página está disponible en Español.

🍪 Lecturio is using cookies to improve your user experience. By continuing use of our service you agree upon our Data Privacy Statement.

Details