Achieve Mastery of Medical Concepts

Study for medical school and boards with Lecturio

Doença Trofoblástica Gestacional

As doenças trofoblásticas gestacionais são um espectro de doenças placentárias resultantes de um crescimento trofoblástico anormal. Estas doenças variam desde gestações molares benignas (molas completas e parciais) a condições neoplásicas, como molas invasivas e coriocarcinoma. O diagnóstico é confirmado pela elevação dos níveis séricos de gonadotrofina coriónica humana (hCG, pela sigla em inglês) e achados ecográficos, dependentes da doença. O tratamento é feito principalmente por dilatação e curetagem e/ou metotrexato.

Última atualização: May 27, 2022

Responsibilidade editorial: Stanley Oiseth, Lindsay Jones, Evelin Maza

Descrição Geral

Epidemiologia

  • Ocorre em cerca de 1 gravidez em cada 1.200 gestações nos Estados Unidos, com mola hidatiforme, o que representa 80% dos casos. A incidência é maior no Sudeste Asiático e Japão
  • Fatores de risco:
    • História de doença trofoblástica gestacional (DTG)
    • História de aborto espontâneo prévio e/ou infertilidade
    • Défice de proteínas, ácido fólico e caroteno

Classificação

  • Molas hidatiformes: consideradas pré-malignas devido ao seu potencial de malignidade
    • Mola completa
    • Mola parcial
  • Molas invasoras
  • Coriocarcinoma: incidência nos EUA de 1/40.000

Mola Hidatiforme

As molas hidatiformes são caracterizadas por edema quístico das vilosidades coriónicas e proliferação do epitélio coriónico. Existem 2 tipos: mola completa e mola parcial.

Mola completa Mola parcial
Cariótipo 46,XX ou 46,XY Triploide (69,XXX, 69,XXY ou 69,XYY)
Formado a partir de Óvulo enucleado e um único espermatozoide 2 espermatozoides e 1 óvulo
Partes fetais Ausentes Presentes
Níveis de gonadotrofina coriónica humana (hCG, pela sigla em inglês) ↑↑↑
Achados da ecografia
  • Útero em favo de mel
  • “Cachos de uvas”
  • Útero “Tempestade de Neve” – Snowstorm
Revela partes fetais
Risco de malignidade Maior risco de coriocarcinoma Rara

Apresentação clínica

  • Hemorragia vaginal
  • Aumento uterino (mais do que o esperado para determinada idade gestacional)
  • Pressão ou dor pélvica
  • Pode estar associado a
    • Pré-eclâmpsia precoce (antes de 20 semanas)
    • Quistos teca-luteínicos
    • Hiperemese gravídica
    • Hipertiroidismo

Diagnóstico

  • Níveis de hCG: ↑ beta-hCG sérica
  • Ecografia:
    • Revela uma distribuição irregular de áreas hipoecoicas (quísticas) e hiperecoicas (sólidas) dentro do útero
    • Caracteristicamente referido como um padrãotempestade de neve”
Transvaginal ultrasonography showing a molar pregnancy

Ecografia transvaginal de uma mola hidatiforme: observa-se um padrão “tempestade de neve” característico na imagem de ecografia.

Imagem: “Transvaginal ultrasonography showing a molar pregnancy” por Mikael Häggström. Licença: CC0

Tratamento

  • Dilatação e curetagem com metotrexato
  • Os níveis de hCG são monitorizados (é expectável descida de níveis após o tratamento)
  • Histerectomia (última linha)
Blasenmole tc axial

Hidático em imagem axial de tomografia computorizada (TC)

Imagem : “Blasenmole Computertomographie axial” por Hellerhoff. Licença: CC BY-SA 3.0

Vídeos recomendados

Coriocarcinoma

O coriocarcinoma é uma neoplasia maligna de células trofoblásticas altamente agressiva, que pode se desenvolver durante ou após a gravidez, na mãe ou no bebé.

Etiologia

Pode ser precedido por:

  • Mola hidatiforme (50%)
  • Aborto de uma gravidez ectópica (20%)
  • Gravidez de termo normal (30%)

Apresentação clínica

  • Hemorragia uterina anormal ou amenorreia
  • Se a disseminação hematogénica para os pulmões: dispneia e/ou hemoptises

Diagnóstico

  • Níveis de hCG: ↑ beta-hCG sérica
  • Ecografia pélvica: hipervascularização
  • Radiografia de tórax: metástases pulmonares em forma de “bola de canhão”

Tratamento

  • Depende do estádio e classificação do risco
  • Baixo risco: monoterapia com metotrexato ou combinação com actinomicina D
  • Alto risco: esquema com múltiplos fármacos
    • Etoposido
    • Metotrexato (MTX)
    • Actinomicina D
    • Cálcio leucovorina
    • Ciclofosfamida
    • Vincristina
Interface entre coriocarcinoma com necrose central e placenta normal

Coriocarcinoma com necrose central

Imagem: “Interface between choriocarcinoma with central necrosis and normal placenta” por Department of Obstetrics and Gynecology, St. Louis University, Missouri, USA. Licença: CC BY 2.0

Relevância Clínica

Gravidez ectópica: refere-se à implantação do blastocisto fora da cavidade uterina. O local mais comum é a trompa de Falópio. As mulheres afetadas apresentam-se com dor abdominal aguda. O diagnóstico é por ecografia e análises laboratoriais, que confirmam a gravidez com implantação fora do útero.

USMLE™ is a joint program of the Federation of State Medical Boards (FSMB®) and National Board of Medical Examiners (NBME®). MCAT is a registered trademark of the Association of American Medical Colleges (AAMC). NCLEX®, NCLEX-RN®, and NCLEX-PN® are registered trademarks of the National Council of State Boards of Nursing, Inc (NCSBN®). None of the trademark holders are endorsed by nor affiliated with Lecturio.

Estuda onde quiseres

A Lecturio Medical complementa o teu estudo através de métodos de ensino baseados em evidência, vídeos de palestras, perguntas e muito mais – tudo combinado num só lugar e fácil de usar.

Aprende mais com a Lecturio:

Complementa o teu estudo da faculdade com o companheiro de estudo tudo-em-um da Lecturio, através de métodos de ensino baseados em evidência.

User Reviews

¡Hola!

Esta página está disponible en Español.

Details