Achieve Mastery of Medical Concepts

Study for medical school and boards with Lecturio

Dentes

Um adulto tem geralmente 32 dentes: 16 maxilares e 16 mandibulares. Estes dentes são divididos em 4 quadrantes com 8 dentes cada. Cada quadrante consiste em 2 incisivos (dentes incisivi), 1 canino (dens caninus), 2 pré-molares (dentes premolares) e 3 molares (dentes molares). Os dentes estão localizados dentro dos processos alveolares e são mantidos em posição pelo ligamento periodontal. Os dentes são compostos de esmalte, dentina e cimento dentário.

Última atualização: Apr 5, 2022

Responsibilidade editorial: Stanley Oiseth, Lindsay Jones, Evelin Maza

Desenvolvimento

Desenvolvimento embriológico

Os dentes derivam do 1º arco faríngeo.

Estadios:

  • Lâmina dentária: em forma de C; local onde os dentes se formam
  • Botão:
    • A lâmina dentária engrossa pela agregação celular → criam-se os botões dentários
    • O botão dentário move-se para o mesoderma subjacente, mantendo contacto com a superfície através da lâmina dentária.
  • Capuz:
    • Formação do órgão de esmalte (camada ectodérmica), que então se divide em epitélio externo e interno do esmalte
    • Forma-se a papila dentária (produzirá a dentina e a polpa).
    • O mesênquima circundante começa condensar, eventualmente forma o saco dentário → forma o cemento e ligamento periodontal
  • Campânula:
    • O órgão dentário é em forma de sino.
    • O retículo estrelado apresenta-se entre o epitélio externo e interno do esmalte.
    • A diferenciação de células mesenquimatosas na papila dentária cria os odontoblastos.
    • Os odontoblastos produzem predentina, que se tornará em dentina.
    • O epitélio interno do esmalte forma ameloblastos, que produzem esmalte.
    • Saco dental forma cementoblastos, que produzem cemento.
    • O desenvolvimento da raiz do dente começa após avanço na formação do esmalte e da dentina.
    • Os epitélios interno e externo do esmalte unem-se para formar a bainha radicular epitelial, que começa a formar a raiz do dente.
    • A cavidade pulpar reduz-se a um canal radicular, que servirá de passagem para os vasos e nervos.
    • Ligamento periodontal: derivado do saco dentário que liga o dente ao maxilar
  • Maturação: desenvolvimento de tecido duro (osso)
Formação da lâmina dentária

Formação do arco da lâmina dentária (A) e botão dentário (B)

Imagem por Lecturio.
Formação da papila dentária e do saco dentário

A e B: Formação da lâmina dentária e do botão dentário
C e D: Formação do órgão do esmalte
E: Formação da papila dentária e do saco dentário
F: Formação e desenvolvimento das camadas de esmalte e dentina
G: Estadio inicial da erupção dentária
H: Erupção total do dente decíduo
I: Corte transversal de um dente em desenvolvimento com a sua composição

Imagem por Lecturio.

Desenvolvimento infantil

A erupção dentária inicia-se dos 6 meses a 1 ano de vida, e geralmente inicia-se pelos incisivos inferiores.

Tabela: Dentes superiores
Dentes Idade esperada da erupção Idade prevista da queda
Incisivo central 8-12 meses 6-7 anos
Incisivo lateral 9-13 meses 7-8 anos
Canino 16-22 meses 10-12 anos
1º molar 12-19 meses 9-11 anos
2º molar 25-33 meses 10-12 anos
Mesa: Dentes inferiores
Dentes Idade esperada da erupção Idade prevista da queda
2º molar 23-31 meses 10-12 anos
1º molar 14-18 meses 9-11 anos
Canino 12-23 meses 9-12 anos
Incisivo lateral 10-16 meses 7-8 anos
Incisivo central 6-10 meses 6-7 anos

Anatomia Geral

Localização

  • Os dentes estão dentro da cavidade oral, um espaço anatómico que forma o limite externo do canal alimentar.
  • Localizados especificamente nos processos alveolares da mandíbula e maxila
  • Mantidos em posição pelo ligamento periodontal
Mandíbula humana esquerda

Mandíbula com os dentes posicionados dentro dos processos alveolares

Imagem : “Human left mandible” por Djexplo. Licença: CC0 1.0

Classificação

  • Cada linha da mandíbula (mandibular e maxilar) tem 4 incisivos, 2 caninos, 4 pré-molares e 6 molares.
  • Incisivos: centrais e laterais
  • Caninos
  • Pré-molares: 1º e 2º
  • Molares: 1º, 2º e 3º
Classificação dos dentes

Localização dos incisivos, caninos, pré-molares e molares dentro do maxilar

Imagem por Lecturio.

Peças

  • Coroa
  • Cavidade pulpar
  • Pescoço do dente
  • Raiz dentária
  • Canal radicular
Estrutura de um dente

O dente e as suas partes

Imagem : “Structure of a tooth” por Phil Schatz. Licença: CC BY 4.0

Neurovasculatura

Vascularização:

  • Linha maxilar:
    • Artérias alveolares superiores anteriores
    • Artérias alveolares superiores posteriores
  • Linha mandibular: artérias alveolares inferiores
Suprimento sanguíneo dos dentes

Vascularização dos dentes

Imagem por Lecturio.

Inervação:

  • Linha maxilar: nervos alveolares superiores
  • Linha mandibular: nervos alveolares inferiores
Inervação dos dentes

Inervação dos dentes

Imagem por Lecturio.

Vídeos recomendados

Anatomia Microscópica

Cada dente é composto por 4 componentes:

  • Esmalte (enamelum):
    • Camada mais superficial do dente
    • Coloração amarelo-claro a branco-acinzentado
    • Composto por cristais de hidroxiapatita de cálcio (98%)
    • Origina-se da ameloblastina (secretada pelos ameloblastos)
  • Dentina (dentinum):
    • Extensão do esmalte no interior dos ossos da mandíbula
    • Secretada pelos odontoblastos
    • Mais macia que o esmalte
  • Cemento dentário (cementum)
    • Secretado por cementoblastos
    • Coloração amarelada
    • Mais macio que a dentina e o esmalte
    • Os ligamentos periodontais ligam-se aqui.
  • Polpa dentária:
    • Parte central do dente
    • Tecido conjuntivo mole
    • Contém:
      • Vasos sanguíneos
      • Nervos
      • Fibroblastos e pré-odontoblastos
      • Macrófagos e linfócitos T
Micro partes de um dente

O dente e as suas partes

Imagem: “Diagram of a healthy human molar” por KDS4444. Licença: CC BY-SA 4.0

Relevância Clínica

  • Cáries dentárias: doença multifatorial caracterizada pela destruição dos tecidos dos dentes como consequência da desmineralização causada pelos ácidos gerados pela placa bacteriana. Estão associadas à ingestão excessiva de açúcares e ácidos contidos em certas bebidas e alimentos. O tratamento consiste na eliminação do agente infeccioso e restauração ou reabilitação do dente.
  • Ameloblastoma: tumor benigno tipicamente originado da mandíbula e muito menos frequentemente da maxila. Os ameloblastomas são lesões indolores e de crescimento lento que normalmente aparecem próximo ao ângulo da mandíbula e surgem na 3ª a 5ª décadas de vida. Se não forem tratados por longos períodos, os ameloblastomas podem tornar-se bastante desfigurantes. O tratamento é cirúrgico, mas há uma elevada taxa de recorrência (50% – 90%).
  • Cementoblastoma: neoplasia rara do rebordo alveolar (cementoblastos) com pouquíssimos casos confirmados na literatura. A idade mediana ao diagnóstico do cementoblastoma é de 20 anos. Apresentam densidade aumentada em relação ao osso adjacente, representado por um halo lúcido em exames de imagem. O tratamento é cirúrgico, e a recidiva é comum, se não completamente excisado.

Referências

  1. Paintal, A. (2021). Pathology of head and neck neoplasms. UpToDate. Retrieved August 20, 2021, from https://www.uptodate.com/contents/pathology-of-head-and-neck-neoplasms
  2. Chow, A.W. (2020). Complications, diagnosis, and treatment of odontogenic infections. UpToDate. Retrieved August 20, 2021, from https://www.uptodate.com/contents/complications-diagnosis-and-treatment-of-odontogenic-infections
  3. Lodi, G. (2020). Oral lesions. UpToDate. Retrieved August 20, 2021, from https://www.uptodate.com/contents/oral-lesions

USMLE™ is a joint program of the Federation of State Medical Boards (FSMB®) and National Board of Medical Examiners (NBME®). MCAT is a registered trademark of the Association of American Medical Colleges (AAMC). NCLEX®, NCLEX-RN®, and NCLEX-PN® are registered trademarks of the National Council of State Boards of Nursing, Inc (NCSBN®). None of the trademark holders are endorsed by nor affiliated with Lecturio.

Estuda onde quiseres

A Lecturio Medical complementa o teu estudo através de métodos de ensino baseados em evidência, vídeos de palestras, perguntas e muito mais – tudo combinado num só lugar e fácil de usar.

Aprende mais com a Lecturio:

Complementa o teu estudo da faculdade com o companheiro de estudo tudo-em-um da Lecturio, através de métodos de ensino baseados em evidência.

User Reviews

¡Hola!

Esta página está disponible en Español.

Details