Achieve Mastery of Medical Concepts

Study for medical school and boards with Lecturio

Condiloma Acuminado (Verrugas Genitais)

Os condilomas acuminados são uma manifestação clínica da infeção genital pelo HPV. Estes são descritos como lesões elevadas, peroladas, cor da pele, papulares e em couve-flor, observados na região anogenital e que podem causar prurido, dor ou hemorragia. O contacto sexual é uma via comum de disseminação do HPV. Embora exista em todas as populações e idades, o condiloma acuminado é mais frequentemente observado na adolescência. Os tipos 6 e 11 de HPV são responsáveis por 90% das verrugas e são considerados de baixo risco para malignidade; no entanto, devem ser tidos em conta outros tipos de HPV. As lesões raramente resolvem espontaneamente; mas, podem ser removidas através de crioterapia ou agentes antimitóticos tópicos. Embora atualmente não haja tratamento para a infeção pelo HPV, esta pode ser prevenida através da vacinação.

Última atualização: 26 Apr, 2022

Responsibilidade editorial: Stanley Oiseth, Lindsay Jones, Evelin Maza

Descrição Geral

Epidemiologia

  • HPV:
    • Infeção sexualmente transmissível (IST) mais comum no mundo
    • Afeta 75% dos adultos sexualmente ativos nos Estados Unidos em algum momento da vida
    • Prevalência: 10%–20% nos Estados Unidos
  • Condiloma acuminado (CA):
    • Incidência: 200 em 100.000 indivíduos nos Estados Unidos
    • Prevalência: 1% nos Estados Unidos
    • 80% dos doentes infetados têm entre 17 e 33 anos.
    • Pico de idade à apresentação: 22-24 anos

Etiologia

Os condilomas acuminados são lesões específicas criadas por HPV.

  • HPV:
    • 100 estirpes descritas, 40 causam lesões anogenitais
    • Os tipos 6 e 11 causam aproximadamente 90% dos casos.
    • 90% dos doentes apresentam sintomas clínicos.
  • Transmissão:
    • ⅔ dos doentes que têm relações sexuais com alguém com um CA, desenvolvem CA.
    • Pele a pele (uma DST)
    • Autoinoculação
  • Fatores de risco para o desenvolvimento de verrugas:
    • Imunossupressão:
      • Diabetes
      • VIH
      • Terapêutica imunossupressora
    • Vários parceiros
    • História prévia de DST (especialmente clamídia e gonorreia)
    • Coitarca precoce
    • O tabagismo aumenta o risco de transformação maligna.

Fisiopatologia

Da infeção até à resolução:

  • O HPV entra através de ruturas no epitélio.
  • O HPV infeta os núcleos de células epiteliais escamosas diferenciadas.
  • Fase latente longa (1 mês a 2 anos)
  • As células basais replicam-se e ascendem à superfície epidérmica (3-4 meses para formar verrugas).
  • As células da pele desprendem-se, e as partículas víricas tornam-se transmissíveis.
  • Indivíduos saudáveis podem excretar a infeção ao longo de meses a anos.

Histopatologia

  • Proliferação em todas as camadas epiteliais:
    • Hiperqueratose
    • Acantose
    • Paraqueratose
  • Vacuolização citoplasmática perinuclear e aumento do núcleo

Apresentação Clínica e Diagnóstico

Manifestações clínicas

Os doentes são geralmente assintomáticos, apresentando apenas o aparecimento de lesões. O diagnóstico de HPV pode ser a causa de sofrimento psicossocial importante, dado o estigma associado.

  • Características da lesão:
    • Exofítica (semelhante a uma couve-flor)
    • Séssil: preso por um pedúnculo curto e largo (caule)
    • Cor da pele ou mais escura
    • < 5 mm; pode parecer maior quando agrupada
    • Frequentemente assintomáticas
    • Se sintomática:
      • Prurido
      • Desconforto
      • Raramente causam hemorragia
  • Localização:
    • Mulheres:
      • Lábios maiores
      • Vagina
      • Colo do útero
      • Ânus
    • Homens:
      • Glande do pénis
      • Escroto
      • Uretra
      • Ânus

Diagnóstico

  • Diagnóstico clínico:
    • Aparência característica
    • Pertence a uma população de doentes suscetíveis
  • A biópsia é realizada:
    • Para confirmar a etiologia
    • Se houver suspeita de displasia
  • Lesões na região inguinal: Painel para descartar outras DSTs associadas
Verrugas genitais aumentadas na região anal

Múltiplas verrugas aumentadas na região anal de um doente

Imagem: “4151” pelo Dr. Wiesner. Licença: Public Domain

Tratamento e Complicações

Tratamento

A resolução espontânea e completa pode demorar até 24 meses.

  • Remoção:
    • Excisão cirúrgica
    • Crioterapia (nitrogénio líquido) → utilizada nas doentes grávidas
    • Eletrocauterização
  • Agentes tópicos (antimitóticos):
    • Podofilotoxina (derivado da podofilina) → evitar durante a gravidez
    • Imiquimod
  • Vacinação (Gardasil):
    • Medida preventiva
    • Cobertura para os tipos de HPV 6 e 11
    • Recomendada em crianças (independentemente do sexo) de 9 a 12 anos, com 2ª dose após 6 meses

Complicações

  • Depois do tratamento:
    • Hipopigmentação ou cicatrizes
    • Recorrência
  • Impacto psicossocial
  • A co-infeção com tipos de HPV de alto risco pode resultar no desenvolvimento de carcinoma.

Diagnóstico Diferencial

  • Condiloma lata (CL): segundo estadio da sífilis (IST causada por Treponema pallidum ): O condiloma lata apresenta lesões verrucosas semelhantes às do HPV. Estas lesões estão confinadas a áreas com maior humidade e geralmente são de coloração cinza-esbranquiçada. O doente pode ter uma história de “cancro” (úlcera genital). A avaliação deve incluir um painel para DSTs.
  • Queratose seborreica (SK, pela sigla em inglês): a neoplasia cutânea epitelial benigna mais comum, que consiste em queratinócitos imaturos: a queratose seborreica apresenta-se como uma lesão cutânea exofítica, bem demarcada, que pode ser bronzeada ou preta e tem uma aparência em “algo que foi colocado ali”, semelhante às verrugas genitais causadas pelo HPV. Esta patologia está geralmente presente nos membros ou no rosto. O tratamento é semelhante à crioterapia.
  • Molusco contagioso: apresenta-se com lesões papulares agrupadas, cor da pele, em forma de cúpula com uma umbilicação central: Geralmente observadas em crianças. O tratamento é de suporte; pode ser considerada a crioterapia em termos cosméticos.

Referências

  1. Rosen T. Condylomata acuminata (anogenital warts) in adults: epidemiology, pathogenesis, clinical features, and diagnosis. UpToDate. Retrieved March 3, 2021, from https://www.uptodate.com/contents/condylomata-acuminata-anogenital-warts-in-adults-epidemiology-pathogenesis-clinical-features-and-diagnosis
  2. Kaderli R, Schnüriger B, Brügger LE. (2014). The impact of smoking on HPV infection and the development of anogenital warts. Int J Colorectal Dis 29(8), 899–908. https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/24935346/ 
  3. Fleischer AB Jr, Parrish CA, Glenn R, Feldman SR. (2001). Condylomata acuminata (genital warts): patient demographics and treating physicians. Sex Transm Dis 28(11), 643–647. https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/11677386/ 
  4. Park IU, Introcaso C, Dunne EF. (2015). Human papillomavirus and genital warts: a review of the evidence for the 2015 Centers for Disease Control and Prevention Sexually Transmitted Diseases Treatment Guidelines. Clin Infect Dis 61(8), 849–855. https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/26602622/
  5. Varma S, Lathrop E, Haddad LB. (2013). Pediatric condyloma acuminata. J Pediatr Adolesc Gynecol. 26(6), e121–122. https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/24001431/ 
  6. Maw R, HPV Special Interest Group of BASHH. (2006). Anogenital warts. Sex Transm Infect. 82(4), iv40–41. https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/17151053/ 

USMLE™ is a joint program of the Federation of State Medical Boards (FSMB®) and National Board of Medical Examiners (NBME®). MCAT is a registered trademark of the Association of American Medical Colleges (AAMC). NCLEX®, NCLEX-RN®, and NCLEX-PN® are registered trademarks of the National Council of State Boards of Nursing, Inc (NCSBN®). None of the trademark holders are endorsed by nor affiliated with Lecturio.

Estuda onde quiseres

A Lecturio Medical complementa o teu estudo através de métodos de ensino baseados em evidência, vídeos de palestras, perguntas e muito mais – tudo combinado num só lugar e fácil de usar.

Aprende mais com a Lecturio:

Complementa o teu estudo da faculdade com o companheiro de estudo tudo-em-um da Lecturio, através de métodos de ensino baseados em evidência.

User Reviews

¡Hola!

Esta página está disponible en Español.

Details