Achieve Mastery of Medical Concepts

Study for medical school and boards with Lecturio

Chalázio

O chalázio é uma das lesões inflamatórias mais comuns da pálpebra. É causado pela obstrução das glândulas de Meibomius ou Zeiss, com inflamação granulomatosa e que resulta num nódulo firme, elástico e de crescimento lento que normalmente não é doloroso. O diagnóstico é baseado na história e nos achados do exame físico. A maioria dos chalázios resolve com tratamento conservador.

Última atualização: Jun 1, 2022

Responsibilidade editorial: Stanley Oiseth, Lindsay Jones, Evelin Maza

Epidemiologia e Etiologia

Epidemiologia

  • Uma das lesões inflamatórias mais comuns da pálpebra
  • A incidência e prevalência exatas nos Estados Unidos são desconhecidas.
  • Mais comum em adultos (especialmente com idade entre 30-50 anos) do que em crianças (possivelmente devido a níveis mais elevados de hormonas androgénicas e maior viscosidade do sebo)
  • Homens e mulheres são igualmente afetados

Etiologia

Ocorre devido a um bloqueio das glândulas, que pode estar associado a:

  • Fatores de estilo de vida:
    • Má higiene das pálpebras
    • Stress (mecanismo desconhecido)
  • Fatores locais:
    • Blefarite crónica
    • Trauma ou cirurgia da pálpebra
    • Conjuntivite vírica (pode causar chalázio recorrente em crianças)
    • Hordéolo (pode preceder um chalázio)
  • Fatores sistémicos:
    • Dermatite seborreica
    • Rosácea
    • Dislipidemia
    • Tuberculose
    • Imunodeficiência
    • Malignidade (este diagnóstico pode passar despercebido, por exemplo como chalázio recorrente, especialmente em idosos)

Fisiopatologia e Apresentação Clínica

Fisiopatologia

  • Um chalázio forma-se devido à obstrução das glândulas Meibomianas ou Zeiss.
  • Os produtos da degradação lipídica acumulam e vazam para o tecido circundante, causando uma resposta inflamatória granulomatosa. A inflamação estéril distingue um chalázio de um hordéolo.
  • A localização na pálpebra depende da glândula que está obstruída:
    • Glândula meibomiana → inflamação na porção conjuntival
    • Glândula de Zeiss → inflamação ao longo da margem da pálpebra
Corte sagital da pálpebra superior apresentando sua estrutura interna

Anatomia da pálpebra: Observar a localização das glândulas Meibomianas e de Zeiss, que estão habitualmente envolvidas na formação de um chalázio.

Image by Lecturio.
Chalazion causes

Visualização de uma glândula meibomiana bloqueada a causar um chalázio

Image by BioDigital, edited by Lecturio

Apresentação clínica

  • Nódulo elástico de crescimento lento na pálpebra
    • Se grande o suficiente, pode comprimir a córnea e causar astigmatismo
    • Mais comum na pálpebra superior devido ao maior número e comprimento das glândulas meibomianas
  • Normalmente indolor, mas pode causar sensibilidade leve se a lesão progredir para um tamanho grande
  • Lacrimejo excessivo
  • Sensação de peso na pálpebra
  • Eritema conjuntival
  • Adenopatias pré-auriculares aumentadas: podem estar presentes em casos de infeção bacteriana secundária.
Calázio

Doente com chalázio na pálpebra esquerda com edema ligeiro

Image: “Chalazion” by jd. License: Public Domain

Diagnóstico e Tratamento

Diagnóstico

O diagnóstico é clínico, baseado na história e no exame físico.

  • O exame físico mostrará:
    • Presença de um nódulo não doloroso, firme e palpável na pálpebra
    • A eversão da pálpebra pode melhorar a visualização do mesmo.
  • Lesões recorrentes ou persistentes devem levar a investigação adicional: citologia aspirativa por agulha fina ou biópsia para descartar malignidade
  • Acuidade visual e testes de campo visual podem ser necessários perante um chalázio grande.

Tratamento

  • Medidas conservadoras:
    • A maioria vai resolver sem tratamento.
    • Manter a área limpa.
    • Compressas quentes
    • Massagens palpebrais
    • Se o chalázio não resolver dentro de alguns meses, o doente pode precisar de ser referenciado para oftalmologia.
    • Antibióticos sistémicos geralmente não são necessários, mas se estiver presente um processo infecioso secundário, as opções de antibióterapia são:
      • Tetraciclina
      • Doxiciclina
      • Minociclina
      • Azitromicina
      • Metronidazol
  • Tratamento invasivo (para um chalázio persistente ou grande e sintomático):
    • Injeção de corticóide
    • Incisão e drenagem

Diagnósticos Diferenciais

  • Hordéolo: infeção localizada com ponto de partida na glândula Zeiss, glândula Moll ou glândula Meibomiana. Staphylococcus aureus é uma causa comum. A presença de um nódulo sensível, eritematoso e purulento ajudam a estabelecer o diagnóstico. O tratamento é geralmente conservador, embora casos graves possam exigir antibióticos ou drenagem. O chalázio, por outro lado, deve-se à inflamação granulomatosa estéril e não é dolorosa.
  • Blefarite : condição inflamatória das margens palpebrais; classificada como blefarite posterior ou anterior. A inflamação é vista na parte interna da pálpebra ou na base dos cílios. Os doentes apresentam pálpebras vermelhas, edemaciadas e pruriginosas ou alterações na visão. O diagnóstico é clínico e o tratamento inclui higiene palpebral e medidas conservadoras. Os sintomas e o exame físico diferenciam esta condição de um chalázio.
  • Carcinoma sebáceo: uma neoplasia rara das glândulas sebáceas, como as glândulas de Meibomius e Zeiss. Apresenta-se como um nódulo redondo e indolor da pálpebra. O diagnóstico é feito por biópsia da lesão, e o tratamento requer a remoção cirúrgica do tumor. Distinguir uma neoplasia de um chalázio pode ser difícil, e a biópsia deve ser realizada em todas as lesões persistentes.

Referências

  1. Gosh, C., & Gosh, T. (2020). Eyelid lesions. In J. Givens (Ed.), UpToDate. Retrieved October 20, 2020, from https://www.uptodate.com/contents/eyelid-lesions
  2. Deschenes, J., & You, J.Y. (2019). Chalazion. In A.A. Dahl (Ed.), Medscape. Retrieved October 20, 2020, from https://emedicine.medscape.com/article/1212709-overview
  3. Kasper, D. L., Fauci, A. S., Longo, D.L., Bruanwald, E., Hauser, S. L., Jameson, J.L., (2007). Harrison’s principles of internal medicine (16th edition.). New York: McGraw Hill Education.

USMLE™ is a joint program of the Federation of State Medical Boards (FSMB®) and National Board of Medical Examiners (NBME®). MCAT is a registered trademark of the Association of American Medical Colleges (AAMC). NCLEX®, NCLEX-RN®, and NCLEX-PN® are registered trademarks of the National Council of State Boards of Nursing, Inc (NCSBN®). None of the trademark holders are endorsed by nor affiliated with Lecturio.

Estuda onde quiseres

A Lecturio Medical complementa o teu estudo através de métodos de ensino baseados em evidência, vídeos de palestras, perguntas e muito mais – tudo combinado num só lugar e fácil de usar.

Aprende mais com a Lecturio:

Complementa o teu estudo da faculdade com o companheiro de estudo tudo-em-um da Lecturio, através de métodos de ensino baseados em evidência.

User Reviews

¡Hola!

Esta página está disponible en Español.

Details