Achieve Mastery of Medical Concepts

Study for medical school and boards with Lecturio

Síndrome de Prader-Willi e Síndrome de Angelman

O síndrome de Prader-Willi (SPW) e o síndrome de Angelman (SA) são ambos doenças genéticas autossómicas raras do neurodesenvolvimento, ligadas a uma região específica do cromossoma 15, atribuídas ao "imprinting" genómico. Isto significa que o fenótipo depende do sexo dos pais que doam os genes. Um cromossoma 15 derivado do pai com esta deleção resulta na síndrome de deleção paterna 15q11-13, ou SPW, enquanto um cromossoma 15 derivado da mãe com uma deleção semelhante está associado ao SA. O diagnóstico é feito através de testes genéticos. O tratamento é principalmente de apoio e está focado na intervenção precoce para o desenvolvimento, anomalias neurológicas e físicas.

Última atualização: 14 Jun, 2022

Responsibilidade editorial: Stanley Oiseth, Lindsay Jones, Evelin Maza

Descrição Geral

Definições

Osíndrome de Prader-Willi (SPW) é uma doença associada à perda do cromossoma paterno da região 15q11-13 sendo caracterizado por défice intelectual, baixa estatura, subdesenvolvimento dos órgãos sexuais e obesidade.

O síndrome de Angelman (SA) é uma doença associada à perda do cromossoma materno na região 15q11-13, sendo caracterizado por um grave atraso no desenvolvimento neurológico.

Epidemiologia

  • SPW:
    • A prevalência é de cerca de 1 em 15.000 a 1 em 30.000 nados-vivos nos Estados Unidos, e afeta entre 350.000 e 400.000 indivíduos em todo o mundo.
    • Ambos os sexos são afetados de igual modo.
  • SA:
    • A prevalência de SA é de cerca de 1 em 10.000 a 1 em 20.000 nados-vivos.
    • Sem predominância de género ou racial
  • A grande maioria dos casos é esporádica e não familiar.

Etiologia

  • Síndrome de Prader-Willi: perda da cópia paterna da região do cromossoma 15q11-13
  • Síndrome de Angelman: perda da cópia materna da região do cromossoma 15q11-13

Fisiopatologia

Tanto o SPW como o SA estão associados à impressão genómica, definida como a expressão diferencial de certos genes baseados na sua transmissão de um progenitor específico.

Síndrome de Angelman

  • SA é causado pela ausência de uma cópia materna do gene UBE3A:
    • O gene UBE3A codifica a ubiquitina-ligase 3A associada à proteína E6.
    • Apenas a cópia materna do UBE3A é funcional em certas áreas do cérebro; a cópia paterna é silenciosa.
  • A maioria dos casos (> 70%) é causada pela ausência do segmento homólogo materno (microdeleção).
  • Uma menor percentagem de casos é causada por disomia uniparental (duplicação do segmento 15q paterno), translocações, ou mutações.

Síndrome de Prader-Willi

  • SPW é causado por:
    • Ausência do segmento homólogo paterno (microdeleção) em 70% dos casos
    • Duplicação do segmento do cromossoma 15q materno (disomia uniparental) em 25% dos casos
    • O resto (5%) é causado por translocações ou mutações.
  • O resultado é a ausência de cópias funcionantes de cerca de 7 genes, uma vez que partes dos cromossomas maternos estão inativos por defeito; requerem a contraparte paterna para funcionar.

Apresentação Clínica

Síndrome de Prader-Willi

  • Ao nascimento:
    • Hipotonia e letargia
    • Dificuldade na alimentação e respiração
    • Criptorquidia em homens
  • Na infância:
    • Hiperfagia, apetite insaciável, aumento de peso e obesidade devido aos altos níveis de grelina
    • Mãos e pés pequenos
    • Estrabismo
    • Atraso na fala
    • Défices intelectuais ligeiros e problemas comportamentais
  • Na idade adulta:
    • Capacidade intelectual “borderline”
    • Baixa estatura
    • Hipogonadismo
    • Características faciais:
      • Olhos em forma de amêndoa
      • Testa estreita
      • Boca triangular

Síndrome de Angelman

  • Ao nascimento:
    • Microcefalia
    • Problemas de alimentação
  • Na infância e a idade adulta:
    • Atraso de desenvolvimento severo
    • Comportamento: riso inapropriado, comportamento aparentemente feliz, défice de atenção (síndrome do boneco feliz – “happy puppet syndrome”)
    • Fala inapropriada, uso de componentes de comunicação não verbal
    • Distúrbios de movimento como ataxia, tremores finos, movimentos bruscos.
    • Mandíbula proeminente, cabeça plana
    • Estrabismo
    • Convulsões (início aos 3 anos) e traçados de EEG anormais
    • Perturbação do sono
Síndrome de angelman

Síndrome de Angelman: características craniofaciais típicas, comportamento feliz

Imagem: “Angelman syndrome” por Department of Genetics, Medical School of Ribeirao Preto, University of Sao Paulo, Sao Paulo, Brazil. Licença: CC BY 2.0

Diagnóstico

Síndrome de Prader-Willi

  • Testes genéticos:
    • Teste de metilação de ADN: deteta o “imprinting” específico dos pais na região específica do cromossoma 15
    • Estabelece o diagnóstico em > 99% dos doentes
  • Critérios clínicos para a realização de testes genéticos:
    • Do nascimento aos 2 anos:
      • Hipotonia com sucção fraca e pouco incremento de peso
      • Criptorquidismo em rapazes
    • Dos 2-6 anos:
      • Hipotonia com historial de má sucção
      • Atraso no desenvolvimento global
      • Baixa estatura e/ou falha de crescimento associada a ganho de peso acelerado
    • Dos 6-12 anos:
      • Histórico de hipotonia com má sucção (a hipotonia muitas vezes persiste)
      • Atraso no desenvolvimento global
      • Alimentação excessiva (hiperfagia — obsessão por alimentos), com obesidade se a ingestão de alimentos não for controlada
    • Dos 13 anos até à idade adulta:
      • Défice cognitivo (geralmente défice intelectual leve)
      • Alimentação em excesso (hiperfagia), com obesidade central se não controlada
      • Hipogonadismo (por exemplo, atraso na puberdade)
      • Problemas típicos de comportamento (incluindo birras temperamentais e características obsessivo-compulsivas)

Síndrome de Angelman

  • Testes genéticos:
    • Teste de metilação do ADN é o 1.º teste.
    • Este teste é seguido por uma técnica de hibridização genómica para detetar deleções específicas (classe 1 — mais severa; ou classe 2)
    • Se negativo, realizar estudos de disomia uniparental
  • Critérios de diagnóstico clínico:
    • História de atraso no desenvolvimento neurológico, cognitivo e da fala
    • Antecedentes de convulsões
    • Humor geral feliz, risos inapropriados
    • Facies característica
    • Movimentos estranhos dos membros, tais como o balançar das mãos
    • Tremores finos, disposições das articulações irregulares, marcha aparentemente espástica de base larga

Tratamento

Tratamento do síndrome de Prader-Willi

  • Alteração da dieta para a obesidade
  • Terapêutica comportamental, possíveis inibidores seletivos de recaptação de serotonina (SSRI) para comportamentos obsessivo-compulsivos
  • Terapia da falta
  • Fisioterapia
  • A hormona de crescimento humano pode melhorar a resistência e a massa muscular, mas está associada à hipertrofia das amígdalas, que pode causar o morte precoce.
  • Prognóstico:
    • Normalmente atingem a idade adulta.
    • Capazes de funcionar em grupo e de fazer trabalho vocacional
    • Alguns doentes podem frequentar faculdades comunitárias.

Tratamento do síndrome de Angelman

  • EEG, análise e tratamento das convulsões com drogas anticonvulsivantes
  • Resolver problemas de alimentação.
  • Fisioterapia para ajudar com ataxia
  • Terapia da fala e ocupacional
  • Clonidina e melatonina para ajudar com perturbações do sono
  • Prognóstico:
    • Pode ter um tempo de vida normal com intervenções apropriadas
    • Défice intelectual grave

Diagnóstico Diferencial

  • Síndrome do X Frágil: uma anormalidade genética no cromossoma X que leva a incapacidade intelectual e distúrbios comportamentais. O diagnóstico é feito através de análise de ADN molecular. O tratamento é de suporte.
  • Craniofaringioma: tumor cerebral de crescimento lento e não cancerígeno que se desenvolve perto da hipófise e do hipotálamo. O tumor afeta mais comummente crianças entre 5 e 10 anos; no entanto, por vezes, os adultos podem ser afetados.
  • Síndrome de Cohen: uma doença congénita que se manifesta com obesidade, hipotonia, défices intelectuais, características faciais distintas com dentes centrais superiores proeminentes, anomalias das mãos e pés.
  • Osteodistrofia hereditária de Albright: uma doença rara com uma ampla gama de sinais e sintomas, incluindo baixa estatura, obesidade, face redonda, ossificação subcutânea e braquidactilia. Quando o distúrbio é herdado da mãe, é encontrada resistência à hormona paratiróide. Quando herdada do pai, esta resistência não é vista.
  • Atrofia muscular espinhal: é um distúrbio neuromuscular com etiologia genética que causa alterações degenerativas na medula espinhal e tronco cerebral, resultando em fraqueza muscular progressiva e perda de movimento devido à atrofia muscular. A idade de início, a gravidade dos sintomas e a apresentação clínica variam de acordo com o tipo. Pode afetar os músculos dos braços e pernas, resultando em dificuldade para caminhar, bem como dificuldade para respirar e engolir.
  • Síndrome de Alström: uma doença genética rara que afeta muitos sistemas corporais, incluindo anomalias de visão e audição, obesidade infantil e cardiomiopatia. A síndrome de Alström é causada por mutações no gene ALMS1 e é de transmissão autossómica recessiva.

Referências

  1. Bacino, C. Microdeletion Syndromes (chromosomes 12 to 22). UpToDate. Retrieved March 22, 2021, from https://www.uptodate.com/contents/microdeletion-syndromes-chromosomes-12-to-22
  2. Scheimann, A.O. (2021) Epidemiology and genetics of Prader-Willi syndrome. UpToDate. Retrieved March 22, 2021, from https://www.uptodate.com/contents/epidemiology-and-genetics-of-prader-willi-syndrome
  3. Diseases | Genetic and Rare Diseases Information Center (GARD) – an NCATS Program. Retrieved March 23, 2021, from https://rarediseases.info.nih.gov/diseases/
  4. Driscoll DJ, Miller JL, Schwartz S, and Cassidy SB. (2016). Prader-Willi Syndrome. GeneReviews. http://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK1330/

USMLE™ is a joint program of the Federation of State Medical Boards (FSMB®) and National Board of Medical Examiners (NBME®). MCAT is a registered trademark of the Association of American Medical Colleges (AAMC). NCLEX®, NCLEX-RN®, and NCLEX-PN® are registered trademarks of the National Council of State Boards of Nursing, Inc (NCSBN®). None of the trademark holders are endorsed by nor affiliated with Lecturio.

Estuda onde quiseres

A Lecturio Medical complementa o teu estudo através de métodos de ensino baseados em evidência, vídeos de palestras, perguntas e muito mais – tudo combinado num só lugar e fácil de usar.

Aprende mais com a Lecturio:

Complementa o teu estudo da faculdade com o companheiro de estudo tudo-em-um da Lecturio, através de métodos de ensino baseados em evidência.

User Reviews

¡Hola!

Esta página está disponible en Español.

Details