Domina os Conceitos Médicos

Estuda para o curso e exames de Medicina com a Lecturio

Marcos de Desenvolvimento e Crescimento Normal

Marcos de desenvolvimento são as capacidades ou habilidades que a maioria das crianças consegue realizar quando atinge uma certa idade. Compreender os marcos apropriados e em que idade são atingidos ajuda os médicos a identificar os sintomas de atraso no desenvolvimento. Os marcos de desenvolvimento são divididos em 5 domínios importantes: motor grosseiro, motor fino, linguagem, social e cognitivo. Estes marcos devem ser avaliados por pediatras em cada consulta. A identificação precoce de atrasos de desenvolvimento pode prevenir complicações futuras e permite o encaminhamento oportuno para serviços de suporte apropriados.

Última atualização: 11 Apr, 2022

Responsibilidade editorial: Stanley Oiseth, Lindsay Jones, Evelin Maza

Visão Geral

Os marcos de desenvolvimento são um conjunto de referências na motricidade global, motricidade fina, linguagem, cognição, padrões sociais / emocionais e padrões de comportamento esperados numa determinada idade.

A avaliação dos distúrbios do desenvolvimento deve considerar a idade gestacional ao nascimento; por exemplo, deve-se esperar que um bebé prematuro atinja os seus marcos de acordo com a sua idade cronológica.

Os pediatras avaliam os marcos do desenvolvimento em cada consulta de para:

  • Rastreio
  • Vigilância

Marcos de Desenvolvimento: 0–12 Meses

Parâmetros de crescimento durante o primeiro ano:

No final do primeiro ano, o peso de uma criança deve ser o triplo do seu peso ao nascimento, e a sua altura deve aumentar 50% em relação ao comprimento ao nascimento.

Tabela: Marcos de desenvolvimento durante o primeiro ano de vida
Idade Motricidade global Motricidade fina Linguagem Social / cognitivo
1 mês
  • Vira a cabeça quando está em decúbito dorsal
  • Levanta a cabeça quando na posição de bruços
Mãos cerradas, próximas do rosto na maior parte do tempo Faz sons
  • Responde de maneira diferente à voz do cuidador
  • Assusta-se com barulhos altos
2 meses
  • Mantém a cabeça e o tórax levantados enquanto está deitado
  • Controlo cefálico muito breve quando sentado
  • Mãos abertas metade do tempo
  • Junta as mãos na linha média
  • Murmura
  • Faz sons de vogais
  • Sorriso social
  • Reconhece o cuidador
4 meses
  • Senta-se e tem apoio do tronco
  • Rola (de decúbito ventral para dorsal)
  • Empurra-se para cima com os pulsos
  • Perda do atraso cefálico quando puxado de decúbito ventral
  • Mãos abertas na maior parte do tempo
  • Alcança e agarra de forma consistente
  • Agarra objetos
  • Ri alto
  • Volta-se para os sons
  • Para de chorar quando ouve uma voz suave
  • Olha ao redor
  • Coloca os objetos na boa
  • Passa mais tempo a olhar para as caras de estranhos do que para as caras conhecidas
5 meses
  • Senta-se com apoio pélvico
  • Rola de costas para a frente (decúbito dorsal para ventral)
  • Preensão palmar
  • Pode transferir objetos (da mão para a boca para a mão)
  • Diz “ah-goo”
  • Gritos e guinchos
  • Começa a responder pelo seu nome
  • Expressa raiva de maneira diferente do choro
  • Reconhece visualmente o cuidador
  • Consegue rodar a cabeça para procurar objetos caídos
  • Cria laços com o cuidador
6 meses Senta-se por breves instantes apoiado nas mãos
  • Transfere objetos (mão para mão)
  • Enquanto segura o objeto numa mão, pega num segundo objeto com a outra mão
  • Agita objetos pequenos
  • Balbuceia com consoantes
  • Para momentaneamente quando se diz “não”
  • Pode gesticular para o pegarem ao colo
Desenvolve ansiedade para estranhos
7 meses Senta-se sem apoio Agarra usando também a região lateral da mão (preensão radial-palmar)
  • Olha para um objeto familiar quando referido o objeto
  • Maior variedade de sílabas ao balbuciar
  • Explora diferentes aspetos de um brinquedo
  • Encontra objetos parcialmente escondidos
9 meses
  • Puxa para ficar de pé
  • Gatinha com os 4 membros esticados
Agarra com 2 dedos e o polegar abaixo (preensão radial digital ou preensão com 3 dedos)
  • Diz “mamã” (não específico)
  • Balbucia, mas não repete sílabas
  • Imita sons
  • Pode usar som para chamar a atenção
  • Permanência do objeto
10 meses
  • Anda à volta dos móveis com apoio de 2 mãos
  • Levanta-se com 1 mão dada a um adulto
  • Anda com as duas mãos dadas
Agarra bolas com a região lateral do dedo indicador e do polegar (preensão em pinça inferior) Diz “papa” (específico)
  • Acena “adeus”
  • Joga às escondidas
12 meses Dá os primeiros passos de forma independente (andar pode demorar até aos 18 meses)
  • Pega em pinça fina
  • Constrói torre de 2 cubos *
  • Atira objetos
Diz pelo menos 1 palavra além de “papá” ou “mamã”
  • Vem quando chamado
  • Segue ordem de 1 passo com gestos
* Número de cubos que uma criança pode empilhar em torre = idade / 2

Marcos de Desenvolvimento: 1–5 anos

Tabela: Marcos de desenvolvimento: 1-5 anos
Idade Motricidade global Motricidade fina Linguagem Social / cognitivo
15 meses
  • Rasteja / sobe escadas
  • Inclina-se para pegar em objetos
  • Anda enquanto carrega objetos
Constrói torres de 3 a 4 cubos Usa 3 a 5 palavras
  • Abraça adultos
  • Mostra empatia
  • Consegue virar as páginas de um livro
  • Conhece pelo menos uma parte do corpo
  • Vai buscar objetos a outra sala quando solicitado
18 meses
  • Rasteja / desce escadas
  • Corre bem
  • Joga a bola em pé
  • Faz torre de 4 cubos
  • Tira a roupa
  • Vocabulário de 10 a 25 palavras
  • Nomeia 1 imagem quando lhe é pedido
  • Começa a mostrar vergonha
  • Corresponde pares de objetos
  • Imita sons ambientais (por exemplo, sons de animais)
  • Envolve-se em brincadeiras de simulação
24 meses
  • Sobe e desce escadas, com os dois pés de uma só vez em cada degrau
  • Chuta a bola
  • Atira objetos acima da cabeça
  • Faz uma fila de cubos
  • Consegue imitar uma linha horizontal e círculo
  • Vocabulário de 50+ palavras
  • Usa frases de 2 palavras (substantivo + verbo)
  • 50% do discurso é percetível.
  • Refere-se a si próprio pelo nome
  • Segue uma ordem de 2 passos
  • Compreende “eu” / “tu”
  • Abre portas
  • Tira a roupa sem ajuda
  • Jogo paralelo
3 anos
  • Sobe e desce escadas, alternando os pés
  • Consegue andar de triciclo
  • Equilibra-se em 1 pé durante 3 segundos
  • Andar com apoio do calcanhar aos dedos do pé
  • Copia o círculo
  • Faz uma torre de 9 a 10 cubos
  • Usa mais de 200 palavras
  • Usa frases de 3 palavras
  • 75% do discurso é percetível.
  • Usa plurais
  • Compreende negativos
  • Compreende longo / curto
  • Tem medo de coisas imaginárias
  • Jogo imaginativo
  • Sabe género e idade
4 anos
  • Equilibra-se em 1 pé durante 4–8 segundos
  • Salta em 1 pé (2-3 vezes)
  • Apanha a bola quando lhe é atirada
  • Copia um quadrado
  • Consegue dar um nó único
  • Identifica cores
  • 100% do discurso é percetível.
  • Conta histórias
  • Pode escrever parte do seu primeiro nome
  • Expressa sentimentos em palavras
  • Jogos em grupo
  • Segue ordens de 3 passos
  • Tem um amigo preferido
  • Consegue ir à casa-de-banho sozinho
  • Auto-higiene básica: cara / mãos / dentes
5 anos
  • Anda aos saltos
  • Anda e salta para trás
  • Copia um triângulo
  • Consegue apertar os atacadores
  • Escreve o primeiro nome
  • Consegue tomar banho e vestir-se sozinho
  • Conta até 10
  • Consegue falar com frases de 5 palavras
  • Consegue dar a definição das palavras
  • Identifica moedas
  • Tem grupo de amigos
  • Pede desculpas pelos erros
  • Consegue utilizar a casa-de-banho, sem necessitar de fraldas

Recomendações de Rastreio

Recomenda-se o rastreio padronizado para a identificação precoce de problemas de desenvolvimento ou comportamentais.

Tabela: Recomendações de rastreio para identificação de problemas de desenvolvimento e comportamentais
Idade Benefício do rastreio
Consulta dos 9 meses Pode identificar problemas motores, visuais, auditivos ou de comunicação
Consulta dos 18 meses Pode identificar atrasos motores, atrasos de linguagem e sintomas de perturbações do espectro do autismo (PEA)
Consulta dos 24 meses Pode identificar pacientes com PEA que foram perdidos na consulta dos 18 meses
Consulta dos 30 meses Pode identificar atrasos motores, de linguagem e cognitivos
Consulta dos 4 anos Rastreio para avaliação de ida para a escola (por exemplo, motricidade global e fina, caligrafia, comunicação e habilidades de autoajuda)

Relevância Clinica

  • Reflexos primitivos: ações mediadas pelo tronco cerebral ou a nível da medula espinhal. Presentes ao nascimento e desaparecem durante o desenvolvimento normal da infância das regiões cerebrais de funcionamento superior (córtex cerebral). Os reflexos primitivos podem ter uma função semelhante como marcos de desenvolvimento na primeira infância para rastreio de qualquer patologia do sistema nervoso central.
  • Má evolução estaturo-ponderal: uma condição observada em crianças e bebês. A má evolução estaturo-ponderal é definida como peso abaixo do 2º percentil para idade / género em mais de 1 consulta ou peso< 80% do peso ideal para a idade. Tem origem psicossocial e orgânica, e com repercussões duradouras no bem-estar geral da criança afetada. Também deve ser avaliada em conjunto com os marcos de desenvolvimento.
  • Ansiedade com estranhos: medo de estar perto de pessoas desconhecidas. A ansiedade com estranhos começa por volta dos 6 meses, e é atribuída ao desenvolvimento da capacidade da criança de distinguir entre pessoas conhecidas e desconhecidas. A criança geralmente chora quando é abordada por estranhos, mesmo na presença de um cuidador. Cessa por volta dos 2 anos de idade.
  • Ansiedade de separação: ansiedade que a criança desenvolve quando se separa dos pais. A ansiedade de separação é um fenómeno normal que inicia por volta dos 9 meses e cessa por volta dos 2 anos, quando a criança desenvolve a permanência do objeto. Pode retornar em qualquer idade durante a infância, especialmente durante os períodos de transição. A ansiedade da separação não afeta o desenvolvimento, nem causa sofrimento significativo.

Referências

  1. Centers for Disease Control and Prevention. Developmental Disabilities. Retrieved May 17, 2021, from https://www.cdc.gov/ncbddd/developmentaldisabilities/
  2. Sadock BJ, Sadock VA, Ruiz P. (2014). Kaplan and Sadock’s synopsis of psychiatry: Behavioral sciences/clinical psychiatry (11th ed.). Chapter 31, Child Psychiatry, pages 1086-1090. Philadelphia, PA: Lippincott Williams and Wilkins.
  3. Lipkin PH, Macias MM (2020). Council on Children with Disabilities, Section on Developmental and Behavioral Pediatrics. Promoting Optimal Development: Identifying Infants and Young Children With Developmental Disorders Through Developmental Surveillance and Screening. Pediatrics.

USMLE™ is a joint program of the Federation of State Medical Boards (FSMB®) and National Board of Medical Examiners (NBME®). MCAT is a registered trademark of the Association of American Medical Colleges (AAMC). NCLEX®, NCLEX-RN®, and NCLEX-PN® are registered trademarks of the National Council of State Boards of Nursing, Inc (NCSBN®). None of the trademark holders are endorsed by nor affiliated with Lecturio.

Estuda onde quiseres

A Lecturio Medical complementa o teu estudo através de métodos de ensino baseados em evidência, vídeos de palestras, perguntas e muito mais – tudo combinado num só lugar e fácil de usar.

Aprende mais com a Lecturio:

Complementa o teu estudo da faculdade com o companheiro de estudo tudo-em-um da Lecturio, através de métodos de ensino baseados em evidência.

User Reviews

¡Hola!

Esta página está disponible en Español.

🍪 Lecturio is using cookies to improve your user experience. By continuing use of our service you agree upon our Data Privacy Statement.

Details