Cartilagem

A cartilagem é um tipo de tecido conjuntivo derivado do mesênquima embrionário responsável pelo suporte estrutural, resiliência e suavidade das ações físicas. O pericôndrio (membrana de tecido conjuntivo que envolve a cartilagem) compensa a ausência de vasculatura na cartilagem, fornecendo nutrição e suporte. A substância fundamental abundante contém grandes quantidades de sulfato de condroitina, ácido hialurónico e água (80% da cartilagem é água). Todos os tipos de cartilagem contêm colagénio tipo II produzido pelos condrócitos. A cartilagem elástica contém adicionalmente fibras elásticas, enquanto a fibrocartilagem também contém tecido conjuntivo denso (colagénio tipo 1).

Última atualização: May 3, 2022

Responsibilidade editorial: Stanley Oiseth, Lindsay Jones, Evelin Maza

Descrição Geral

Definição

A cartilagem é um tipo de tecido conjuntivo que forma componentes estruturais do esqueleto humano e fornece suporte a vários órgãos.

Composição

Condrócitos:

  • O principal tipo de célula do tecido cartilaginoso
  • Sintetizam os componentes da matriz extracelular (MEC) e ficam incorporados nestes (lacunae)
  • Os condrócitos jovens retêm a capacidade de se dividir; as células filhas secretam nova MEC e ficam cercadas pelas novas lacunas.
  • Têm baixas necessidades de oxigénio; A nutrição é fornecida pelo pericôndrio, visto que a cartilagem não possui vasos sanguíneos e inervação
  • Estimulados por somatotropinas da hipófise, induzindo a síntese de glicosaminoglicanos sulfatados (GAGs) e secreção de proteoglicanos
Light micrograph of an epiphyseal plate showing chondrocytes

Micrografia ótica de uma placa epifisária que mostra condrócitos

Imagem: “Cartilage” por Robert M. Hunt. Licença: Public Domain

Condroblastos:

  • Células pericondriais que estão localizadas na periferia da cartilagem e desenvolvem-se nos condrócitos
  • A conversão de condroblastos em condrócitos ocorre quando os condroblastos ficam cercados pela nova matriz que produzem.

Matriz extracelular:

  • Produzida pelos condrócitos
  • Abundante, geralmente de consistência firme e resistente à compressão
  • Composta por colagénio (tipo Ⅱ mais prevalente), proteoglicanos e glicoproteínas
  • O sulfato de condroitina (agrecano) é o proteoglicano mais abundante na matriz da cartilagem hialina

Vídeos recomendados

Condrogénese

Desenvolvimento embrionário

  • A cartilagem desenvolve-se a partir do mesênquima embrionário.
  • O arredondamento das células osteoprogenitoras mesenquimais indica o início do processo.
  • São formados condroblastos e começam a secretar MEC que consiste principalmente em agrecano e colagénio tipo Ⅱ.
  • Os condroblastos são convertidos em condrócitos.
  • Ambas as células são ricas em retículo endoplasmático rugoso (RER) para a síntese de colagénio.
  • Crescimento da cartilagem:
    • Crescimento intersticial: divisão mitótica de condrócitos pré-existentes → formação de MEC
    • Crescimento aposicional: formação de condroblastos a partir de células progenitoras no pericôndrio
    • As células isógenas são formadas pela divisão mitótica dos condroblastos.

Crescimento esquelético durante a infância

  • O esqueleto embrionário é composto principalmente por cartilagem.
  • A cartilagem gradualmente calcifica e é substituída por osso à medida que os condrócitos são substituídos por osteócitos.
  • A placa epifisária é uma fina camada de cartilagem que persiste nas extremidades dos ossos longos após o nascimento e permite o crescimento ósseo longitudinal.
  • Uma vez que a placa epifisária esteja completamente ossificada, não ocorre mais crescimento longitudinal.

Regeneração e reparação

  • Como o pericôndrio perde a capacidade de formar novas células, a regeneração da cartilagem é quase inexistente.
  • As células pericondriais produzem principalmente tecido conjuntivo denso.
  • O reparo também é limitado, porque os condrócitos ficam presos em lacunas e não podem viajar para áreas danificadas.

Tipos de Cartilagem

Existem 3 tipos principais de tecido cartilaginoso:

  • Cartilagem hialina (mais abundante)
  • Cartilagem elástica
  • Fibrocartilagem
Tabela: Características de 3 tipos de cartilagem
Cartilagem hialina Cartilagem elástica (amarela) Fibrocartilagem
Composição da matriz extracelular
  • Colagénio tipo II (fibrilas orientadas aleatoriamente)
  • Agrecano
  • Colagénio tipo II
  • Agrecano
  • Fibras elásticas (amarelas)
  • Colagénio tipo II (fibrilas paralelas)
  • Colagénio tipo I
Células principais
  • Condrócitos
  • Condroblastos
  • Condrócitos
  • Condroblastos
  • Condrócitos
  • Fibroblastos
Disposição dos condrócitos Isolados ou em pequenos grupos isógenos Geralmente em pequenos grupos isogénos Isolados ou em grupos isógenos dispostos axialmente
Presença de pericôndrio Sim (exceto na epífise e articulações cartilagem) Sim Não
Localizações
  • Vias respiratórias superiores
  • Extremidades articulares e placas epifisárias dos ossos longos
  • Esqueleto fetal
  • Ouvido externo
  • Meato acústico externo
  • Tubo auditivo
  • Epiglote e laringe
  • Discos intervertebrais
  • Sínfise púbica
  • Menisco e algumas outras articulações
  • Inserções de tendões
Funções
  • Fornece superfícies lisas e de baixo atrito nas articulações
  • Suporte estrutural para o trato respiratório
  • Proporciona uma forma flexível
  • Sustenta os tecidos moles
  • Fornece amortecimento
  • Resistência à tração
  • Resistência ao rasgo e compressão

Vídeos recomendados

Relevância Clínica

  • Osteoartrite: doença causada pela degeneração da cartilagem articular (hialina). O processo de degradação e reparo defeituoso é mediado por condrócitos. Os fatores de risco são idade, obesidade, sexo feminino e trauma articular.
  • Osteocondrite dissecante: doença articular caracterizada por necrose asséptica focal da cartilagem articular e do osso subcondral. Esta condição está geralmente associada ao descolamento de um fragmento de cartilagem ósseo, que se desloca no espaço articular. Causa dor e edema da articulação afetada, que agarra e trava durante o movimento.
  • Condrossarcoma: tumor ósseo maligno de condrócitos que acomete mais frequentemente os ossos pélvicos e longos. Mais comum em adultos mais velhos. Geralmente apresenta-se como uma massa de crescimento lento associada a uma dor incómoda. Diagnosticado com exames de imagem e biópsia, e o tratamento envolve ampla excisão cirúrgica.
  • Encondroma: tumor ósseo benigno com origem na cartilagem. Esta condição raramente causa dor ou outros sintomas e é mais frequentemente detetada incidentalmente em exames de imagem. Geralmente pequeno em tamanho (< 5 cm) e não requer tratamento.

Referências

  1. Fawcett D.W. Cartilage. Retrieved 30 May 2021, from https://www.britannica.com/science/connective-tissue/Cartilage#ref470898
  2. Fawcett D.W. (1994). A Textbook of Histology, 12th ed., chapter 5, pp. 133–169.

USMLE™ is a joint program of the Federation of State Medical Boards (FSMB®) and National Board of Medical Examiners (NBME®). MCAT is a registered trademark of the Association of American Medical Colleges (AAMC). NCLEX®, NCLEX-RN®, and NCLEX-PN® are registered trademarks of the National Council of State Boards of Nursing, Inc (NCSBN®). None of the trademark holders are endorsed by nor affiliated with Lecturio.

Aprende mais com a Lecturio:

Complementa o teu estudo da faculdade com o companheiro de estudo tudo-em-um da Lecturio, através de métodos de ensino baseados em evidência.

Estuda onde quiseres

A Lecturio Medical complementa o teu estudo através de métodos de ensino baseados em evidência, vídeos de palestras, perguntas e muito mais – tudo combinado num só lugar e fácil de usar.

User Reviews

¡Hola!

Esta página está disponible en Español.

Details