Achieve Mastery of Medical Concepts

Study for medical school and boards with Lecturio

Herpesvírus Humano 8

O herpesvírus humano 8, também conhecido como herpesvírus associado ao sarcoma de Kaposi, é um vírus de DNA de cadeia dupla, pertencente à família Herpesviridae. Este vírus oncogénico é raro e causa sarcoma de Kaposi (uma condição definidora de SIDA), linfomas de efusão primária e doença de Castleman multicêntrica, sobretudo em pacientes imunodeprimidos. O processo ocorre através da indução da atividade de crescimento celular e da inibição da apoptose nas células infetadas.

Última atualização: 17 May, 2022

Responsibilidade editorial: Stanley Oiseth, Lindsay Jones, Evelin Maza

Classificação

Fluxograma de classificação de vírus de dna

Identificação de vírus de DNA:
Os vírus podem ser classificados de várias formas. Contudo, a maioria dos vírus possui um genoma formado por DNA ou RNA. Os vírus com genoma de DNA podem ainda ser caracterizados como de cadeia simples ou dupla. Os vírus com envelope são revestidos por uma camada fina de membrana celular, que geralmente é retirada da célula hospedeira. Os vírus sem envelope são apelidados de vírus “nus”. Alguns vírus com envelope traduzem DNA em RNA antes de serem incorporados no genoma da célula hospedeira.

Imagem por Lecturio. Licença: CC BY-NC-SA 4.0

Características Gerais e Epidemiologia

Características gerais do herpesvírus humano 8 (HHV-8)

  • Também conhecido como herpesvírus associado ao sarcoma de Kaposi
  • Taxonomia:
    • Família: Herpesviridae
    • Subfamília: Gammaherpesvirinae
    • Género: Radinovírus
  • Vírus DNA:
    • Cadeia dupla
    • Linear
  • Estrutura:
    • Núcleo de DNA
    • Constituído por uma cápside icosaédrica
    • Tegumento
    • Envelope lipídico com glicoproteínas “spike”

Doenças associadas

  • Sarcoma de Kaposi (tumor maligno vascular)
  • Doença multicêntrica de Castleman (doença linfoproliferativa de células B)
  • Linfomas primários de efusão (linfoma não Hodgkin)

Epidemiologia

  • Prevalência global: 2%–10%
  • Mais comum:
    • Região mediterrânica
    • África Subsariana (endémica)
  • Homens > mulheres, sobretudo em homens que fazem sexo com homens

Patogénese

Reservatório

Os humanos são o único reservatório conhecido.

Transmissão

O mecanismo de transmissão do vírus ainda não está totalmente esclarecido.

  • Segundo a evidência atual ocorre sobretudo através de:
    • Saliva
    • Contacto sexual
  • Estão descritos alguns casos de transmissão por transplante de sangue e órgãos sólidos.

Fatores de risco do hospedeiro

A infeção pelo herpesvírus humano 8 é maioritariamente assintomática. As manifestações clínicas podem ocorrer em pacientes imunodeprimidos:

  • VIH/SIDA (o sarcoma de Kaposi é uma condição definidora de SIDA)
  • Pacientes transplantados

Ciclo de replicação viral

  • Processo:
    • O vírus liga-se às células hospedeiras com glicoproteínas de superfície → entrada
    • Pode levar a:
      • Fase de latência → produção de proteínas que promovem a oncogénese
      • Fase de replicação lítica
  • Infeta:
    • Células epiteliais
    • Células endoteliais
    • Linfócitos
  • A latência ocorre em:
    • Linfócitos B
    • Células endoteliais vasculares

Fisiopatologia

  • O vírus é transmitido pela saliva → replica-se nas células epiteliais da orofaringe
  • Leva à infeção de células B e células endoteliais → pode ocorrer latência viral
  • A infeção é controlada pelo sistema imune.
  • Se o paciente ficar imunodeprimido → reativação do vírus latente → mais células são infetadas
  • As proteínas virais interagem com as vias celulares, atuando através do/a:
    • ↑ Atividade do fator de crescimento celular → proliferação
    • Inibição de genes de supressão tumoral → previne a apoptose
  • Isto pode potenciar a:
    • Angiogénese
    • Oncogénese

Doenças Causadas por HHV-8

Tabela: Doenças causadas por HHV-8
Doença Apresentação clínica Diagnóstico Tratamento
Sarcoma de Kaposi Lesões vasculares malignas da/o:
  • Pele
  • Mucosa
  • Trato GI
  • Trato respiratório
Biópsia das lesões
  • Otimização da terapêutica antirretroviral
  • Quimioterapia intralesional ou sistémica
Doença multicêntrica de Castleman
  • Febre
  • Linfadenopatia generalizada
  • Hepatoesplenomegalia
  • Biópsia do gânglio linfático
  • Coloração imuno-histoquímica
  • PCR para detetar o DNA viral
  • Otimização da terapêutica antirretroviral
  • Quimioterapia
  • Agentes imunológicos
Linfomas primários de efusão As manifestações dependem do local de acumulação de líquido:
  • Derrame pleural
  • Derrame pericárdico
  • Ascite
  • Derrame articular
  • Análise das células malignas do derrame
  • Coloração imuno-histoquímica
  • Otimização da terapêutica antirretroviral
  • Quimioterapia
Sarcoma de kaposi herpesvírus humano 8

Lesões cutâneas do sarcoma de Kaposi

Imagem: “Kaposi’s sarcoma” por OpenStax College. Licença: CC BY 3.0

Comparação de Herpesvírus

A tabela abaixo compara os 9 herpesvírus considerados endémicos em humanos; existem 115 espécies diferentes de herpesvírus no total, agrupadas em 3 famílias:

  • Alfa (infeta células epiteliais e produz infeção latente em neurónios pós-mitóticos)
  • Beta (infetar e produz infeção latente em vários tipos de células)
  • Gama (produz infeção latente, sobretudo em células linfóides)
Tabela: Comparação dos 9 herpesvírus considerados endémicos em humanos
HHV Nome comum Principais células-alvo Local de latência Apresentação clínica*
1
(grupo alfa)
HSV-1 Células mucoepiteliais Gânglios da raiz dorsal
  • Gengivoestomatite
  • Queratite
  • Panarício herpético
  • Encefalite
  • Hepatite
  • Esofagite
  • Pneumonia
2
(grupo alfa)
HSV-2
  • Herpes genital
  • Meningite
  • Proctite
3
(grupo alfa)
VZV
  • Varicela
  • Herpes Zoster (Zona)
4
(grupo gama)
EBV
  • Células epiteliais
  • Células B
Células B de memória
  • Mononucleose infeciosa
  • Linfoma de Hodgkin
  • Linfoma de Burkitt
  • Leucoplasia pilosa oral
  • Carcinoma gástrico associado ao EBV
5
(grupo beta)
CMV
  • Monócitos
  • Linfócitos
  • Células epiteliais
Células progenitoras hematopoiéticas da medula óssea
  • Mononucleose por CMV
  • Retinite por CMV
  • Colite por CMV
  • Encefalite por CMV
6A, 6B
(grupo beta)
HHV-6 células T Monócitos Roséola
7
(grupo beta)
HHV-7 células T
8
(grupo gama)
Herpesvírus associado ao sarcoma de Kaposi
  • Linfócitos
  • Células epiteliais
células B Sarcoma de Kaposi
* Na coluna da “apresentação clínica”, encontram-se a negrito as doenças definidoras de SIDA.

Referências

  1. Mui UN, Haley CT, Tyring SK. (2017). Viral oncology: molecular biology and pathogenesis. J Clin Med 6(12). https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/29186062/
  2. Cesarman E, Damania B, Krown SE, Martin J, Bower M, Whitby D. (2019). Kaposi sarcoma. Nat Rev Dis Primers 5(1):9. https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/30705286/
  3. Yan L, Majerciak V, Zheng ZM, Lan K. (2019). Towards better understanding of KSHV life cycle: from transcription and posttranscriptional regulations to pathogenesis. Virol Sin; 34(2):135-161. https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/31025296/
  4. Dittmer DP, Damania B. (2016). Kaposi sarcoma-associated herpesvirus: immunobiology, oncogenesis, and therapy. J Clin Invest 126:3165–3175. https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/27584730/
  5. Jha HC, Banerjee S, Robertson ES. (2016). The role of gammaherpesviruses in cancer pathogenesis. Pathogens 5(1). https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/26861404/
  6. Damania B, Münz C. (2019). Immunodeficiencies that predispose to pathologies by human oncogenic γ-herpesviruses. FEMS Microbiol Rev 43:181–192. https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/30649299/
  7. Purushothaman P, Uppal T, Sarkar R, Verma SC. (2016). KSHV-mediated angiogenesis in tumor progression. Viruses 8(7). https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/27447661/
  8. Wen KW, Damania B. (2010). Kaposi sarcoma-associated herpesvirus (KSHV): molecular biology and oncogenesis. Cancer Lett 289(2):140-50. https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/19651473/
  9. Gonçalves PH, Uldrick TS, Yarchoan R. (2017). HIV-associated Kaposi sarcoma and related diseases. AIDS 31:1903–1916. https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/28609402/
  10. Schneider JW, Dittmer DP. (2017). Diagnosis and treatment of Kaposi sarcoma. Am J Clin Dermatol 18:529–539. https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/28324233/
  11. Centers for Disease Control and Prevention. (1981). Follow-up on Kaposi’s sarcoma and pneumocystis pneumonia. MMWR 30:409–410.
  12. Rewane A, Tadi P. (2021). Herpes virus type 8. StatPearls. Retrieved June 24, 2021, from https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK556023/
  13. Casper C. (2020). Disease associations of human herpesvirus 8 infection. In Bloom A (Ed.), UpToDate. Retrieved June 24, 2021, from https://www.uptodate.com/contents/disease-associations-of-human-herpesvirus-8-infection
  14. Casper C. (2020). Virology, epidemiology, and transmission of human herpesvirus 8 infection. In Bloom A (Ed.), UpToDate. Retrieved June 24, 2021, from https://www.uptodate.com/contents/virology-epidemiology-and-transmission-of-human-herpesvirus-8-infection

USMLE™ is a joint program of the Federation of State Medical Boards (FSMB®) and National Board of Medical Examiners (NBME®). MCAT is a registered trademark of the Association of American Medical Colleges (AAMC). NCLEX®, NCLEX-RN®, and NCLEX-PN® are registered trademarks of the National Council of State Boards of Nursing, Inc (NCSBN®). None of the trademark holders are endorsed by nor affiliated with Lecturio.

Estuda onde quiseres

A Lecturio Medical complementa o teu estudo através de métodos de ensino baseados em evidência, vídeos de palestras, perguntas e muito mais – tudo combinado num só lugar e fácil de usar.

Aprende mais com a Lecturio:

Complementa o teu estudo da faculdade com o companheiro de estudo tudo-em-um da Lecturio, através de métodos de ensino baseados em evidência.

User Reviews

¡Hola!

Esta página está disponible en Español.

🍪 Lecturio is using cookies to improve your user experience. By continuing use of our service you agree upon our Data Privacy Statement.

Details